Em solange knowles:

Popload Gig traz ao Brasil… SOLANGE

>>

Esse tal Popload Gig não sossega. Depois de mais uma edição histórica com o Breeders, que lotou o Cine Joia na última quarta-feira, nosso festival favorito (hehe) tem mais uma grande atração para anunciar: a edição 25 (vinte e cinco???) do evento traz ao Brasil a atriz, modelo, dançarina, DJ e, finalmente, atual sensação da música pop indie sister soul americana Solange Knowles, também conhecida por ser a irmã mais nova da pop star Beyoncé. Solange e sua banda cool se apresentam no Cine Joia dia 21 de novembro. Os ingressos custam entre R$ 100 (meia) e R$ 200 (inteira) e podem ser adquiridos no site ou na bilheteria da casa, de segunda a sexta, entre 14h e 18h.

Na ativa desde os 16 anos de idade, Solange chegou a trabalhar com sua irmã Beyoncé, mas as duas possuem estilos totalmente diferentes, não só pelo lindo e indefectível cabelo afro que a cantora ostenta. Ela caiu no gosto do público indie ao fazer um elogiado cover da música “Stillness is the move”, da banda Dirty Projectors. Um de seus parceiros de longa data é o compositor e produtor inglês Dev Hynes, ex-Test Icicles e mais conhecido como Lighspeed Champion e/ou Blood Orange. Ele co-escreveu e produziu o último EP da cantora, “True”, com apoios de Kevin Barnes (of Montreal) e Pharrell Williams no bombado single “Losing You”. Seus trabalhos foram lançados pela gravadora Terrible Records, de um dos integrantes do Grizzly Bear. Está vendo como ela está “em casa” no Popload Gig?

E é dessas influências e referências todas que ela tira uma sonoridade que mistura perfeitamente R&B com pop e música eletrônica, com uma pitada soul dos anos 80. no currículo, ela tem dois álbuns de estúdio (“Solo Star” em 2003 e “Sol-Angel and The Hadley St. Dreams”, em 2008) e o terceiro deve sair ainda este ano, com a colaboração de Hynes mais uma vez. A cantora de R&B mais indie de todos os tempos foi presença garantida nos melhores festivais do ano: do gigante Glastonbury ao pequeno Night+Day, do trio britânico The XX. Semana passada, foi um dos shows mais procurados do Pitchfork Festival, em Chicago.

Solange é mais uma atração do Popload Gig, que tem na agenda do mês que vem o duo Beach House, em setembro sua versão “italiana” com o pop star Jovanotti, e ainda Tame Impala e o Popload Festival com The XX, em outubro. E tem mais por vir, parece.

>>

Coachella 2013 – The XX com a Solange fazendo a Aaliyah

>>

* Eu sei que já postamos ontem o show todo do grupo inglês The XX no Coachella, mas queríamos abrir parênteses ( ) para a participação como convidada da rapper Solange Knowles, irmã daquela outra Knowles lá. Foi em cover da música “Hot Like Fire” , da pobre Aaliyah, talentosíssima cantora de R&B que morreu em um acidente de avião estúpido aos 22 anos, alguns anos atrás.

O vídeo é filmado da pista. Galera conversando. Mas vale o destaque e o clima de um show do XX em lugar aberto. Para uma gravação mais pro, a gente repete logo abaixo o vídeo do concerto inteiro. A cover de Aaliyah está no minuto 18:30.

>>

A Solange e o XX

>>

* Em dezembro, em Nova York, tentei ir ao Bowery Ballroom ver o show da Solange Knowles, atriz e modelo içada agora à condição de nova musa do R&B americano, mesmo sem ingresso (o show estava esgotado há tempos, parece). Para a maioria das vezes, com um pouco de sorte, rola descolar um ticket na hora no Ballroom para um concerto bombado. Morrer com uma grana de cambista na saída do metrô, comprar de alguém cujo amigo desistiu e tals. Depois de meia hora flutuando sem sucesso pela porta do clube, um segurança chegou a mim e disse: “Hoje esquece”.

Na última quarta-feira, Londres recebeu o primeiro show da Solange Knowles como “cantora bombada” na capital inglesa.

Reconhece o sobrenome? Solange é irmã da musa-suprema-salve-salve Beyoncé. Família abençoada pela genética, ao que tudo indica, gerando meninas com estrutura para manter quadris para toda obra e o dom de fazer música pop boa. Para ajudar, a garota é, ainda por cima, também cunhada do mega-rapper Jay-Z. Buscando evitar sombras familiares, miss Knowles, não aquela outra, quer ser chamada de apenas “Solange”.

Mas voltemos à noite de quarta.

Solange se apresentou no hypadíssimo XOYO, em Shoreditch, o Brooklyn londrino. O XOYO sempre traz uma bela lista de shows e DJs para o seu calendário anual, só nome #treta da nova geração ou da velha querendo pagar de “descolex”.

No show, além do desempenho obrigatório de “Losing You”, que trouxe a donzela R&B para a mídia e tudo mais, Solange achou de desencavar para os ingleses uma cover de Nicole Wray, outra cantora de R&B, mais caída para o hip hop, que deu certa bombada no final dos 90 e atingiu um certo ar cult. Para o grau “cult” ir às alturas ainda mais, Solange chamou Oliver Sim, metade da voz do XX, para fazer o duo em “Make It Hot”, o hit de Nicole. A voz masculina do XX, mais ou menos, encarnou uma Missy Elliott rápida no cover.

Romy XX, que estava na plateia, fez questão de deixar de mencionar o assunto na fanpage da banda inglesa, toda orgulhosa da participação de Oliver no show da pupila Knowles.

* Make it hot, Solange!

>>