Em somebody that I used to know:

Gotye não perdoa a ex e transforma DR indie em megahit na Austrália

* Lembra de Jane e Herondy? Agora tira o brega da anos 80 da memória e bota uma levada hipster anos 10. Então…

* O “australiano” Gotye (nasceu na Bélgica), figurinha indie conhecida na rota Austrália/Zelândia, que lançou o belo “Making Mirrors” em 2010 e andou abrindo para o Coldplay e Mogwai na Oceania, chegou aos primeiros lugares de disco e single lá embaixo (Austrália) com um hit de dor de cotovelo explícito. É uma DR indie chegando a elevados patamares da parada. E, num jogral “eu te amo, eu te odeio” com a “convidada” Kimbra, a moreninha neozelandesa considerada a maior revelação da música independente do pedaço, já chega nos EUA e Inglaterra.

A tal DR indie é a música “Somebody That I Used to Know”, em que Gotye chora suas mágoas no nível “Você dizia que era tão feliz comigo que podia até morrer. E agora finge que nada aconteceu entre a gente”. Carregue essa lamúria de sentimento. A garota magoou mesmo o cara: “But I don’t even need your love”, ele diz, mentindo para si mesmo. Daí a Kimbra surge na música vomitando para cima do cara umas coisas que ele precisava ouvir. E já não dá para saber de que lado a gente fica. Hahahaha. Eu estou rindo, mas é treta.

A música é, assim, diferente. Bem bonitona. O vídeo, lançado por Gotye em julho, tem DEZ MILHÕES de acessos no Youtube. Hipster ao extremo, traz Gotye e Kimbra sem roupa (calma!) em fundo branco ganhando cores diversas e pinturas geométricas, conforme a DR vai esquentando. Artsy na fossa, né?

Gotye lançou “Making Mirrors” no circuito indie em agosto. De repente, o álbum foi direto para o primeiro lugar da parada australiana mainstream. Foi a primeira vez desde 2007 que um artista australiano chega ao topo do chart no próprio país emplacando em primeirão tanto álbum e single.

Óbvio, “Somebody That I Used to Know” começou a ser tocada bastante além-Austrália. Nos EUA, o disco e o cantor multiinstrumentista já ganhou elogios no Twitter do cara certo: o ator Ashton Kutcher, que tem milhões de seguidores. Na Inglaterra, a Lily Allen é pirada no australiano. Na França, a sensacional revista “Les Inrockuptibles” já adotou o rapaz. No Brasil, está ganhando post na Popload. Pensa…

Solidarize-se com Gotye, ou com a Kimbra, em seu vídeo DR.