Em St. Vincent:

Meninas superpoderosas: St. Vincent faz cover incrível de “Consideration”, parceria de Rihanna com a SZA

>>

300617_stvincent2

A diva master Annie Clark não cansa de nos brindar com surpresinhas. A mais recente é uma cover inesperada de “Consideration”, parceria original de Rihanna com a SZA, que abre o último e já “antigo” álbum da superstar pop, “Anti”.

A cover de St. Vincent foi para uma session feita especialmente para a plataforma de streaming Spotify, realizada em Nova York, e aparece poucos meses depois de Annie cantar “London Calling”, do Clash, em uma apresentação na BBC.

A cantora e guitarrista fashion está na estrada divulgando seu mais recente disco, o bom “MASSEDUCTION”, lançado no fim do ano passado.

>>

Mais intimista do que nunca, St. Vincent faz session linda para a NPR

>>

220118_stvincent_2

A fofura St. Vincent apareceu no escritório da NPR para gravar uma das mais deliciosas sessions do mundo, a Tiny Desk Concert, que talvez perca só para a Popload Session. Sem clubismo.

Annie Clark mostrou em versões intimistas canções de seu mais recente álbum, “MASSEDUCTION”. As faixas mostradas foram “New York”, “Los Ageless” e “Slow Dance”.

“MASSEDUCTION” é o primeiro disco de St. Vincent em três anos e, segundo a própria, é o seu mais confessional. “É um disco diferente, em primeira pessoa. Se você quer saber sobre minha vida, basta ouvir esse projeto”, informou a cantora e compositora em comunicado na época do lançamento.

>>

St. Vincent não cansa de ser incrível e protagoniza uma apresentação de tocar o fundo da alma no Fallon

>>

051217_stvincent2

A diva indie Annie Clark, que melhor conhecemos como St. Vincent, continua no gás para divulgar “MASSEDUCTION”, seu lindo disco lançado em setembro passado, o primeiro dela em três anos.

Annie trabalhou no início desta semana em duas frentes. No programa do Jimmy Fallon, na noite de ontem, ela cantou o single “Slow Disco”, com arranjo todo pomposo e grandioso, contando com o suporte de uma orquestra em tudo.

Enquanto isso, ela soltou também um vídeo robótico (?), esquisito e moderninho para outro single do álbum, “Pills”, em produção dirigida por Phillipa Price e que conta com a modelo Cara Delevingne, parceira de St. Vincent, como convidada especial.

Tudo isso passado a limpo, abaixo.

>>

Já imaginou a St. Vincent cantando The Clash? Então…

>>

181017_stvincent2

St. Vincent na área, de novo. Graças ao ótimo “MASSEDUCTION”, Annie Clark será figurinha carimbada de programas de rádio e TV nas próximas semanas, para a nossa alegria.

A mais recente parada da cantora e guitarrista norte-americana foi no programa de sua xará Annie Mac, na BBC Radio 1 no dia de ontem. Por lá, St. Vincent mostrou em reedições acústicas os singles “Los Ageless” e “New York”.

Mas o ponto alto da apresentação foi uma inesperada cover de “London Calling”, do seminal The Clash, orgulho inglês. Annie Clark sabe como jogar bem o jogo. A session completa pode ser ouvida abaixo, além da cover do Clash separada.

>>

St. Vincent para japonês ouvir: novo disco tem uma faixa bônus grudenta, chamada “政権腐敗”

>>

161017_stvincent

Você já deve saber, a musa Annie Clark lançou semana passada o novo e lindo “MASSEDUCTION”, seu álbum mais intimista da carreira. O que a gente não sabia é que a versão japonesa do disco tem uma faixa bônus chamada… “政権腐敗”.

A canção, que em tradução literal para o inglês recebe o nome “Power Corrupts”, tem direcionamento instrumental e alguns versos em japonês, cantados por Toko Yasuda, integrante do grupo Enon e também da banda de turnê da St. Vincent. Junto, um verso em vocoder que repete várias vezes a frase “mass seduction”.

“MASSEDUCATION”, em sua versão universal, tem 13 faixas no total e é puxado pelos singles “New York” e “Los Ageless”. O último disco de St. Vincent até então era o homônimo, lançado em 2014.

>>