Em stephen colbert:

Banda inglesa Dry Cleaning é apresentada à família americana, via programa do Stephen Colbert

>>

Captura de Tela 2021-08-16 às 7.58.29 AM

* Banda das mais prediletíssimas da Popload neste ano, graças ao disco lindão disco de estreia “New Long Leg”, lançado em abril, o quarteto inglês Dry Cleaning foi bater na casa dos americanos, sendo atração musical sexta-feira do programa noturno de entrevistas do grande Stephen Colbert.

O bonito grupo liderado pela “falante” Florence Shaw, tipaço, voz quase spoken-word conduzida talvez a melhor guitarra deste 2021 que precisa de barulho, apresentou a sensacional “Strong Feelings”, enviada para a TV dos EUA em vídeo gravado em Londres.

O Dry Cleaning está começando a engatar uns shows nesta temporada pós-covid. No dia 26, semana que vem, eles têm marcado um show num festival italiano chamado Today’s, de música nova e realizado em Turim. Em setembro umas datas acertadas no Reino Unido. E a partir de dezembro tem Europa e EUA, só parando no Primavera Sound de Barcelona, em junho.

>>

Big Red Machine mostra música nova e reafirma o hit folk “Phoenix” no programa do Colbert

>>

* A banda indie-folk Big Red Machine, junção de Aaron Dessner (The National) e Justin Vernon (Bon Iver), que vai render um segundo álbum que sai agora no final de agosto para sacramentar que o rolê não é ocasional, foi ontem à noite ao programa “The Late Show with Stephen Colbert” mostrar um de seus singles, a bela “Phoenix”, que em participações especiais de Fleet Foxes e Anaïs Mitchell. Inclusive levando Mitchell e Robin Pecknold (o Fleet Foxes itself) à performance televisiva. Coisa fina.

O Big Red Machine aproveitou para mostrar uma música nova, que também vai estar no disco “How Long Do You Think It’s Gonna Last?”, a ser lançado dia 27. Se chama “New Auburn” e só apareceu como extra da internet do programa do Colbert. A performance de mais este single teve a mesma turma no palco que “Phoenix”.

“So beautiful”, disse o Colbert, para as duas músicas mostradas em seu show.

>>

Lorde subiu no telhado com seu novo single. Veja “Solar Power” nas alturas, para a TV americana

>>

Captura de Tela 2021-07-16 às 9.33.49 AM

* Não no sentido figurado, claro. A cantora megastar neozelandesa Lorde, nossa amiga de Poploads da vida, saiu da praia e foi às alturas para mostrar seu badalado novo single “Solar Power”, talvez já nem tão novo assim, porém novo. Você nos entende, né?

Ela, de amarelo, subiu no rooftop do famoso teatro nova-iorquino Ed Sullivan para ficar mais perto do Sol e aproveitar e fazer uma performance inusitada e até massa cantando “Solar Power”, o single que guia seu próximo álbum, de mesmo nome, que será lançado no dia 20 de agosto.

A apresentação foi para o programa do Stephen Colbert, o “Late Show” dele na TV americana, no qual ela já tinha dado uma entrevista, em junho. Ali, Lorde tinha prometivo voltar ao programa para uma performance. Rolou ontem, até com bolhinhas de sabão voando por Manhattan, ali, a partir do lado oeste da rua 52.

Olha só!

>>

Nova Billie Eilish faz performance da música “Your Power” na TV. E fala da loirice, da peruca e dos recordes absurdos que bateu no Instagram com as fotos da “Vogue”

>>

* Nova Billie Eilish big news. A garota dourada da música americana, em novíssima e esplenderosa fase de superconfiança nela mesma, o que é bom mas rompe com toda a sua construção de fenômeno pop até poucas semanas atrás, foi ontem à noite no programa de TV do Stephen Colbert, para algumas coisas importantes. E nessa, talvez, como ela está rompendo essa mencionada condição de fenômeno pop que a trouxe até aqui, pode estar construindo outra faceta que a vai tornar mais fenômeno ainda. Estamos acompanhando.

Captura de Tela 2021-05-11 às 2.53.00 PM

Nessa fase atual loira e segura de si, Billie reapareceu no programa do Colbert para tratar de alguns assuntos que a esta movendo para a frente: (1) pela primeira vez ela fez performance de seu mais novo single, “Your Power”, que vai estar em seu próximo disco, seu segundo, “Happy than Ever” (repare o título), sucessor do álbum de estreia “WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?”, que a botou no mapa mundial da música jovem. Em vídeo gravado e enviado ao programa do Colbert pelo distanciamento, Billie e o irmão-produtor Finneas tocaram a música tendo ao fundo as montanhas desérticas que serviram de cenário para o vídeo oficial da canção, em que ela contracenou à beira do abismo e enrolada por uma anaconda e tudo mais.

(2) Billie falou um pouco de seu livro de fotos, chamado “Billie Eilish”, que saiu hoje nos EUA e traz fotos suas e de fãs e marca provavelmente, com um produto oficial, essa mudança de fase.
e (3) a cantora e compositora ganhadora de sete prêmios GRAMMY, que já cantou para o presidente dos EUA, para o Oscar e para o James Bond, conversou sobre as polêmicas fotos para a revista “Vogue” britânica, de corpete e versão mulherão, que fez cair a internet há poucos dias.

A conversa entre Billie Eilish e Stephen Colbert foi ótima, aliás. Ela foi ao mesmo programa faz dois meses. Colbert perguntou se ela estava com uma peruca imitando o cabelo dela mesma, preto com mechas verdes, mais antigo, porque claramente ela já estava, ali naquele papo, no processo de ficar superloira. Ela disse que sim. Billie Eilish com uma peruca imitando o “cabelo de Billie Eilish”, pensa.

Sobre as quentíssimas fotos da “Vogue”, que a fez quebrar o próprio recorde de likes do Instagram, 1 milhão em seis minutos, ela disse que, ao subir a primeira imagem, recebeu o aviso do recorde de likes mais rápido do planeta. E, ao subir a segunda foto, recebeu outro aviso do novo recorde quebrando o recorde que ela tinha acabado de quebrar. Doido.

Billie Eilish, na fase “mais feliz da vida”, disse que “Your Power”, em tudo que a cerca, foi a melhor música que ela fez na vida. Concorda?

>>

Kings of Leon ao vivo na Times Square, em NY, de manhã. À noite, tocando sua tempestade nova no Stephen Colbert

>>

kings

* Pequena obsessão nova nossa é o disco do Kings of Leon, que, tal qual o dos Strokes, para citar bandas correlatas do lindo início dos anos 2000, lançou um álbum que a gente não esperava ser tão bom.

A gente deitou palavras sobre “When You See Yourself”, o oitavo disco da banda dos Followill, aqui. Saiu sexta passada. E no rolê de divulgação trazemos duas performances deles ao vivo, ambas para a TV americana.

A primeira é deles tocando a ótima “Stormy Weather”, para o programa do Stephen Colbert, à noitão. E, agora cedinho, para o “Good Morning America, da gigantesca rede aberta ABC, eles apresentaram o primeiro single, “The Bandit”, ao vivo. Naquelas performances que aparecem gigantesca nos paineis da Times Square, em Nova York, manja?

Segura os Followill.

>>