Em strokes:

VAI TER SHOW. Primavera Sound fecha seu pôster, confirma Arthur Verocai, divide as atrações por dia e começa a vender “day ticket” na quinta

>>

* Tudo bem que é só em 2021, e até lá tudo pode acontecer, mas já estávamos pensando que nunca mais íamos ter show ao vivo, daqueles com pessoas assistindo na frente do palco, com uma cerveja na mão, querendo que a banda que está tocando veja que a gente está usando a camiseta dela. Essas coisas.

Um dos festivais mais importantes para a música independente e certamente para o “novo normal”(ai…), o gigantesco evento espanhol Primavera Sound finalizou (finalizou mesmo?) sua enorme escalação para sua próxima edição. Dividiu os artistas por dia. E começa a vender esses ingressos/dia nesta quinta-feira agora.

Em 2021, o festival de Barcelona vai acontecer dos dias 2 a 6 de junho e veio confirmando em três etapas sua comemorada lista de atrações, nas últimas semanas. Está no pôster os seguintes nomes, para citar alguns: Pavement, Iggy Pop, Gorillaz, Tame Impala, Strokes, Massive Attack, Fontaines DC, Idles, Bauhaus, Dinosaur Jr., Tyler the Creator, Charlie XCX, Black Midi, Disclosure, Jamie XX, The National, Jesus & Mary Chain, King Krule, Metronomy.

No pôster, aparentemente definitivo, já está a divisão das atrações por dia. O festival abre pequeno numa quarta-feira, com Jesus & Mary Chain e Metronomy fazendo as honras. Depois, nos dias seguintes, vem o vendaval de bandas até o domingo acabar o PS 2021 num brunch na praia com Disclosure e Nina Kraviz fazendo DJ set.

O festival de Barcelona, uma tradição incidental na parte que nos toca, é largamente frequentado por brasileiros. A pergunta, que já foi feita aqui na Popload, volta ainda mais forte: por conta da péssima conduta oficial no trato sério da pandemia, brasileiro vai poder frequentar festivais na gringa ou, numa maior amplitude, ser ao menos permitido entrar em outros países? A ver.

Pelo menos temos certeza que dois vão, com suas equipes: a musa drag pop Pabllo Vittar e o veterano maestro jazzy Arthur Verocai. Dos dois brazucas, Verocai foi o último a entrar na leva de confirmações, divulgada hoje. Tanto Vittar quanto o maestro cool de jazz samba estavam escalados para o Primavera Sound 2020, que teria acontecido neste final de semana que passou se não fosse o coronavírus.

Confira o line-up do Primavera Sound abaixo. No site do festival tem mais informações e detalhes sobre os ingressos, que seguem sendo vendidos, mas a partir desta quinta contando também com as entradas por dia. O “full ticket” já está sendo vendido desde a semana passada. por 165 euros, quase R$ 1.000. Na quinta, sobe para 195 euros.

primavera
>>

Primavera Sound anuncia line-up campeão para 2021. Será que brasileiro vai poder ir?

>>

* Olha, se houver mundo em junho de 2021, se brasileiro puder entrar na Europa e principalmente ainda ter dinheiro para viajar, o programa ideal será ir para o Primavera Sound de Barcelona, que hoje anunciou line-up INICIAL ótimo e sua devida venda de ingressos.

O festival indie mais importante do planeta (tirando o gigantismo do Glastonbury e a modéstia do Popload Festival), o Primavera vai acontecer de 2 a 6 de junho, confirmando desde já em sua escalação Pavement, Iggy Pop, Gorillaz, Tame Impala, Strokes, Fontaines DC, Idles, Bauhaus, Dinosaur Jr., Tyler the Creator, Charlie XCX, Black Midi, Disclosure, Jamie XX, The National, Jesus & Mary Chain, King Krule, Metronomy e.. Pabblo Vittar, só para citar ALGUNS do line-up INICIAL que o evento espanhol soltou e que já fazem valer (entre um milhão de motivos) a descoberta da vacina.

Confira o line-up inteiro abaixo, que mantém bons nomes deste 2020 assombrado e traz alguns novos. O festival deste ano aconteceria por estes dias. No site do Primavera tem mais informações e detalhes sobre os ingressos, que começam a ser vendidos no dia 3 agora, semana que vem. Quem tinha ingressos para este ano vai saber também, no mesmo dia 3, como faz para trocar por entradas para o ano que vem.

Sabe-se lá o que vai acontecer em junho de 2021, já que não sabemos nem o que vai acontecer em junho de 2010, mas este anúncio “dá um quentinho no coração”. Odeio “quentinho no coração”, haha. Amargo, eu?

prima

>>

Coronavírus move o Lollapalooza Brasil para 4, 5 e 6 de dezembro. Guns, Strokes e Travis Scott confirmados

>>

Foto: Fabricio Vianna / Popload

Foto: Fabricio Vianna / Popload

Depois de afetar a programação de praticamente todos os eventos com grandes aglomerações públicas no exterior, o coronavírus “derrubou” hoje, de modo oficial agora, o nosso Lollapalooza (o argentino e o chileno já tinham se manifestado).

Foi anunciado que o festival, antes previsto para acontecer no primeiro final de semana de abril no Autódromo de Interlagos, foi adiado para os dias 4, 5 e 6 de dezembro, devido ao surto que está se alastrando cada vez mais mundo afora.

Os headliners Guns N’ Roses, The Strokes e Travis Scott estão confirmados. Agora, a organização do festival trabalha para a atualização total do line-up.

Os ingressos já adquiridos valerão para as novas datas.

Na gringa, nos últimos dias, o South by Southwest foi cancelado, o Coachella foi jogado para outubro, o Ultra Music Festival de Miami só vai rolar em 2021, e diversos artistas e bandas incluindo Pearl Jam, Madonna, Green Day, KISS, Tame Impala e Liam Gallagher tiveram shows adiados/cancelados nas próximas semanas em diferentes partes do mundo. A cidade de Nova York proibiu os shows para platéia acima de 500 pessoas, para dar uma ideia.

Na contramão de tudo, o gigantesco e tradicionalíssimo Glastonbury, que acontece em junho, não só diz manter sua realização (por enquanto) como anunciou um monte de bandas de seu line-up ontem, numa primeira lista. Outras virão até maio, segundo Emily Eavis, organizadora e a “filha do dono”.

Voltando ao Lollapalooza Brasil, as edições chilena e argentina também foram remanejadas para o segundo semestre. A organização do festival brasileiro dará mais detalhes a respeito deste novo rearranjo do evento nos próximos dias.

** Ainda sob o efeito do adiamento do Lolla BR, o show promo do Idles, que aconteceria dia 2 de abril, não mais será realizado na data, uma vez que a banda não vem mais ao Brasil por ora. A ideia será retomada perto das novas datas do Lolla.

>>

Strokes lançam o segundo single como primeiro single: ouça a agora-sim-boa “Bad Decisions”, do novo disco de inéditas

>>

* Já estava dito subliminarmente no Popcast, o podcast da Popload. Mas enfim:

A nossa polêeeeeeeeeeemica banda americana Strokes, adorada no mesmo tanto, foi muito notícia nos últimos dias por anunciar novo disco, tocar músicas novas num showmício político nos EUA e soltar um novo single, no caso a música “At the Door”, esquisitinha para o lado ruim, incompatível com o trabalho inicial da banda e ao mesmo tempo muito a ver com a produção chata do grupo do Julian nos últimos tempos. Até aqui beleza.

Strokes_by_Roger_Woolman

Agora sim as coisas parecem ter voltado a seu lugar com o lançamento deste segundo single, que a gente bota para rolar aqui embaixo. Anunciado como “primeiro” pelo guitarrista Albert Hammond Jr., “Bad Decisions” nos devolve os Strokes que a gente gosta.

A música já foi outra das novas que a banda mostrou no show engajado para os democratas na semana passada, em New Hampshire. “Bad Decisions”, para resumir, é a vibe Strokes em seu melhor momento. Guitarrinhas nervosas, Julian cantando em tom de desespero o refrão, bateria rápida.

** “The New Abnormal” estará nas lojas dia 10 de abril e foi produzido pelo bamba Rick Rubin. Este será o primeiro disco cheio dos norte-americanos em sete anos. O último até então é “Comedown Machine”, de 2013.
A capa do álbum foi extraída da obra “Bird on Money”, de Jean-Michel Basquiat.

>>

Fontaines DC vs. Pabllo Vittar. Tem até um Pavement ali. Vazou o estupendo line-up do Primavera Sound, de Barcelona

>>

* Horas antes de ser divulgado oficialmente, por motivos de “descuido” do Pavement, saiu a escalação aguardadíssima do segundo principal festival indie do mundo, o enorme Primavera Sound, em Barcelona.

O “versus” do título, sobre o grupo punk irlandês Fontaines DC e a musa pop brasileira Pabllo Vittar, é só um sugestionado efeito absurdo, uma vez que os dois têm posições bem próximas nas linhas de escalação e podem estar no mesmo horário, na sexta dia 5 de junho. O Primavera Sound vai acontecer na Espanha entre os dias 3 e 7 de junho.

A grande volta do grupo americano herói do indie Pavement, só para o Primavera espanhol e português, é um dos grandes atrativos do festival, dos muitos. A banda de Stephen Malkmus divide o holofote principal com especialíssimo Massive Attack no dia de abertura “para valer” do Primavera Sound 2020, a quinta dia 4.

Nos outros dias temos no topo: Strokes e Lana Del Rey na sexta 5; Tyler the Creator, Bad Bunny, Disclosure, Bauhaus e Iggy Pop no sábado 6.

Vai ter a algazarra dance punk do Teto Preto e o veterano maestro cool de jazz samba Arthur Verocai no line-up, também representando o Brasil. E uma espécie de melhores momentos de atração do nosso Lolla BR está embutida na programação do Primavera Sound.

Metronomy tocando fora da programação oficial pela cidade. Jesus & Mary Chain tocando o álum “Darklands”. Mavis Staples e Black Midi. King Krule tocando o álbum novo. Floating Points, Fatima Yamaha e Honey Dijon representando a eletrônica massa.

É tanto nome para dissecar que ainda vai levar um tempo nosso debruçado nesse line-up. Vamos voltar a ele certeza. Mas pode você ir fazendo esse serviço aí que beleza, também.

Confira o pôster “grosso” e o diário do Primavera Sound 2020. Vamos, será?

prima1

Captura de Tela 2020-01-15 às 8.14.32 PM

>>