Em sub pop:

POPNOTAS – A atrasadinha do Teenage Fanclub, Gwen Stefani se reintroduzindo, as notonas do Weezer novo e a lojinha da Sub Pop

Continue reading

Quer duas musiquinhas inéditas lindas? Father John Misty quebra essa para a gente

>>

misty

* Ainda que bastante presente no noticiário indie nos últimos tempos, embora sem lançar nada realmente inédito desde 2018, o nosso amigo Father John Misty soltou hoje duas músicas novas, com nomes inusitados: “To S.” e “To R.”.

As duas canções, bem no estilo FJM de tocar fundo no coração indie mais fragilizado, fazem parte de uma contribuição de Josh Tillmann para o “Sub Pop Singles Club Vol. 5”, assinatura especial para “sócios” de caixa com 12 discos de vinil 7 polegadas da gravadora de Seattle.

Father John Misty, que fez um Popload Gig “dupla face” em SP, também lááá em 2018, fabrica agora esses dois lados A para seu correspondente disquinho do clube da Sub Pop. São as primeiras inéditas desde o álbum “God’s Favorite Customer”, seu quarto. Desde então ele lançou disco ao vivo, fez música com o Post Malone, com o Khalid, EP de cover…

Então, nós, o S. e o R. ficamos assim:

>>

Baianada 2015. Caetano Veloso muda o tom do Bananada (GO)

>>

* Proclamando uma certa celebração à diversidade, o festival Bananada, um dos nobres (hehe) eventos indies do Brasil, realizado em Goiânia pelas mãos fazedoras da Construtora Música e Cultura e atingindo sua 17ª edição, anunciou 15 nomes de sua programação, encabeçados pelo cantor baiano Caetano Veloso, um dos astros mais indies do país, hoje em dia.

caetano_veloso_02

Caetano, que foi grande atração do espanhol Primavera Festival no ano passado, um dos grandes festivais independentes do mundo hoje, puxa uma lista que inclui o grande guitarrista J.Mascis, líder do grande Dinosaur Jr, os “locais” Boogarins, o auê do Bonde do Rolê e mais uma banda do extrafamoso selo americano Sub Pop, além do músico dinossauro: a banda King Tuff, de Vermont, EUA.

Completando a bagunça sonora do Bananada 2015, que acontece de 11 a 17 de maio e tem Caetano cantando na noite de estreia, uma segunda-feira, o festival de Goiânia “Rock” City vai ter também shows da rapper curitibana Karol Conka, os metaleiros do pedaço Hellbenders, o indie gaúcho do Wannabe Jalva, a breguice electrocool paraense do Jaloo, além de Camarones Orquestra Guitarrística (Natal), Do Amor (Rio), Marrero (São Paulo) e a cantora goiana Bruna Mendez estão no grande elenco do Bananada. Nomes como Magaly Fiels, do Chile, e Caddywhompus, EUA, completam a programação revelada hoje.

Mais nomes serão anunciados pelo festival em abril.

Abaixo, o pôster “Tropicália Moderna” feito para o festival pela galera fera do Bicicleta sem Freios, artistas de Goiânia.

260215_bananadaposter

>>

J.Mascis e King Tuff tocam em SP e Goiânia em maio

>>

* No ano passado vieram Mudhoney, Metz e The Obits. Neste ano, a lendária gravadora americana manda ao Brasil, para shows em maio, o guitarrista J.Mascis (Dinosaur Jr.) e a banda indie de garagem psicodélica ou quase isso King Tuff.

A parceria com a Sub Pop, de Seattle, é costurada pela A Construtora Música e Cultura, de Goiânia. Chamado neste ano de Sub Pop Action, o projeto é de certa forma um festival dentro de um festival. O acordo é para trazer as bandas do nobre selo americano para tocar dentro do Bananada Festival 2015 (de 11 a 17 de maio) e botá-las para se apresentar em São Paulo na mesma época, com possibilidade de acontecer em outras cidades, também.

J.Mascis, o grisalho que mais toca alto no rock mundial, frontman do poderoso Dinosaur Jr., vem solo com a turnê do disco “Tied to a Star”, lançado em agosto do ano passado. Pedrada.

O King Tuff, grupo de Vermont, em nove anos de estrada lançou cinco álbuns. O último deles, que deve municiar os shows do Brasil com canções ao vivo, é “Black Moon Spell”, lançado no final de 2014. A música-título toca direto desde o ano passado na Sirius XMU e nas rádios da NPR.

Uma outra banda da Sub Pop pode vir na carona de Mascis e Tuff. O line-up do Bananada 2015 está prestes a ser divulgado. Sabe-se que o festival neste ano terá a estrela indie CAETANO VELOSO.

E esta é uma foto conjunta de J.Mascis e Kyle Thomas, que lidera o King Tuff.

1 - Tuff Mascis

>>

Sub Pop ganha festival em SP em maio: Mudhoney, Metz e The Obits vêm tocar

>>

* Touch me, I’m sick!

mudhoney

* O nobre selo indie Sub Pop, que mudou para sempre a história da música independente, vai dar nome a um festival de bandas de seu cast a ser realizado em maio na nova casa de shows Audio (na Água Branca) e puxado pela veterana banda grunge Mudhoney. Sob escolha de Mark Arm, o líder do grupo, vêm também ao país as bandas novas Metz e The Obits, duas grandes apostas do selo indicadas pelo vocalista do Mudhoney.

O SUB POP FESTIVAL em São Paulo acontece no dia 15 de maio. Outras atrações podem ser escaladas, como DJs. Com esta será a sexta visita do Mudhoney ao Brasil. A última vez que tocaram na cidade foi em 2010, na Virada Cultural. Em 2001, na primeira vinda, tocaram inclusive em Goiânia. O canadense Metz fez um dos discos mais legais de 2012, o seu de estreia, “METZ”. A parte roqueira braba da Inglaterra pira nos caras. O Obits é garagem surf punk do Brooklyn, Nova York. Isso já diz muita coisa.

** Os ingressos para o Sub Pop Festival – São Paulo devem começar a ser vendidos ainda em dezembro. A casa de shows Audio abre suas portas com shows para até 3 mil pessoas agora no começo de 2014, provavelmente fevereiro. Um show do Marcelo D2 está armado para acontecer no local no dia 1º/2.

** O festival da Sub Pop SP é uma parceria das produtoras Construtora de Música, de Goiânia, com a Inker, de São Paulo, gente que faz.

** As três bandas da lendária gravadora americana tocam ainda em Goiânia, dia 16/5, como atrações do Bananada 2014.

subpop_web

>>