Em tame impala:

Operações militares, confusão e música. Apenas um vídeo novo do Pond

>>

020217_pond2

Extensão experimental e (ainda mais) lisérgica do Tame Impala, o Pond, armada australiana que já deixou seus rastros sonoros no palco do Popload Festival, vai lançar em 5 de maio seu novo disco.

“The Weather” tem produção de Kevin Parker, E-L-E, e acaba de ganhar um novo vídeo para o single “3000 Megatons”, dirigido por Ashley Rommelrath e com recortes de imagens dinâmicas e intensas de operações militares, anúncios de TV, festivais de música e confusão. Basicamente.

Junto com a novidade, o Pond anunciou também novas datas de sua turnê pela América do Norte, que começará em abril com dois shows no Coachella.

>>

Kevin Parker anuncia pausa do Tame Impala. “Últimos shows” serão em janeiro

>>

140915_kevin

Kevin Parker anunciou, em entrevista para a revista Paperboy, da Nova Zelândia, que o adorado Tame Impala dará um tempo em sua carreira no início do ano que vem. Os “últimos shows” serão em janeiro, no Laneway Festival, que acontece em cidades espalhadas pelo país e também na Austrália.

De acordo com Kevin, a decisão foi ato pensado. “Eu realmente não sei como me sinto porque, no passado, os ciclos dos álbuns nossos não terminaram com um estrondo, ou inclusive nem tiveram fins de forma decidida. Eles apenas aconteceram. Mas, desta vez, é algo planejado”, disse o vocalista.

O líder da banda, que lançou seu último disco – “Currents” – ano passado, acredita que os shows serão um mix de emoções. “Estou orgulhoso que o fim da turnê aconteça no Laneway. Teremos lágrimas e celebrações, as emoções estarão intensas. Creio que será um tanto esquisito, mas não sem um sentimento de dever cumprido”, acrescentou.

Parker, nos últimos meses, se envolveu na produção do disco de Lady Gaga, “Joanne”, aceitando o convite de seu amigo, o produtor Mark Ronson. Na entrevista, o cantor falou sobre a experiência com “Currents”. “Foi um álbum que realmente abriu portas para mim. É engraçado porque eu meio que esperava isso, por causa do jeito que eu estava fazendo as canções e o produzindo. Era um tipo de pensamento que eu sabia que não era um disco de idas e voltas. Tive a sensação de que ele me levaria a outros lugares”.

Sobre seus planos para o período de parada do Tame Impala, Kevin resumiu: “o que vem a seguir é ainda uma tela em branco. Mas uma tela em branco em um caminho bom. Eu tenho toda a tinta! Existem outras coisas a caminho”.

>>

Jay Tame Impala Watson anuncia novo álbum, tipo um ano depois do último

>>

041116_jay1

Jay Watson, instrumentista do grande Tame Impala, vai aumentar a corrente psych indie com um disco solo. Ele, que entre outras coisas toca especialmente bateria e sintetizadores na banda do Kevin Parker – e também no chapado POND – tem um projeto paralelo chamado GUM.

Menos de um ano depois de botar no mercado o álbum “Glamorous Damage” (precisamente dois dias antes de completar um ano), ele prepara para a semana que vem o lançamento de seu terceiro disco, “A Flash In The Pan”, e soltou o primeiro single, a viajada “Gemini”.

Diz o Jay que a canção foi a primeira e mais rápida que ele gravou para a obra. No total, serão 12 faixas inéditas, com lançamento previsto para 11/11.

“A Flash In The Pan” – Tracklist
01 “Flash In The Pan”
02 “Gemini”
03 “If You’re Gonna Love Again”
04 “Deep Razz”
05 “Ophelia”
06 “Heatwave”
07 “Deep Heat”
08 “Rares”
09 “Honey (Don’t Cry)”
10 “Don’t Let Time Get You Down”
11 “Flash In Japan”
12 “Distorted Star”

>>

Mink Mussel Creek: Kevin Parker se reúne com antiga banda e toca bateria em show na Austrália

>>

Engana-se quem pensa que as ramificações do lindo Tame Impala se limitam ao Pond, espécie de lado-b do grupo mais famoso do indie australiano nos últimos tempos.

Antes do Pond e do próprio Tame Impala despontarem na cena, existia outra banda, a Mink Mussel Creed, que reunia (entre outros) Kevin Parker e Nicholas Allbrook. O grupo apareceu em Perth no fim da década passada, gravou um disco em 2011, mas só o lançou três anos depois, porque nesse meio tempo surgiram as outras duas bandas. Entendeu?

Querendo reviver os tempos de banda antiga, os membros do Mink Mussel Creek se reuniram no último final de semana para um único show, no festival Camp Doogs, na Austrália, claro. Kevin Parker já havia dado a dica no Instagram, mostrando uma foto dos ensaios.

Gettin the band back together #gettingthebandbacktogether #minkmusselcreek

Uma foto publicada por Tame Impala (@tame__impala) em

Eles tocaram basicamente o material do único disco da banda, “Mink Mussel Manticore”, lançado em 2014. Há um registro em qualidade boa do show, mas não aparece o líder do Tame Impala na imagem. Kevin tocou bateria. O show começa após o quinto minuto do vídeo abaixo.

>>

Pond oferece primeira amostra do novo disco: um single produzido pelo Kevin Parker

>>

071016_pond2

Espécie de extensão experimental e ainda mais psicodélica do Tame Impala, o Pond, grupo australiano que já pisou no palco do Popload Festival, acenou pela primeira vez sobre seu novo álbum, que vai sair no início de 2017.

Produzido pelo gênio Kevin Parker, o single “Sweep Me Off My Feet” está disponível na Apple Music e em alguns países para assinantes do Spotify.

A canção serve para bombar a divulgação de uma pequena turnê que a armada liderada pelo doidinho Nick Allbrook fará pelas Américas, começando pela Califórnia na semana que vem, passando pelo México e terminando em… Buenos Aires, dia 4 de novembro.

>>