Em tenacious D:

Do Weezer ao Júnior Groovador, Nirvana une tribos e rouba a cena no primeiro final de semana do Rock in Rio

>>

Entre as diversas generalidades que ocuparam o Rock in Rio neste primeiro final de semana, chamou a atenção um depoimento de Dave Grohl no sábado, ao relembrar o Nirvana.

Na parte final do show do Foo Fighters, Dave ofereceu a antiga canção “Big Me”, presente no disco de estreia do FF, ao Weezer. Tudo porque, horas antes, Rivers Cuomo e Cia. tocaram “Lithium”, do Nirvana, que Grohl disse ter assistido do backstage e… chorado.

Ex-baterista do grupo, Dave relembrou a primeira vez que veio ao Brasil, justamente com o Nirvana, para o Hollywood Rock. “Foi a primeira vez que tocamos para mais de 100 mil pessoas”, disse, fazendo referência ao show de São Paulo, que arrastou 110 mil pessoas ao Morumbi para ver a maior banda do mundo naquele momento, certamente em um de seus shows mais caóticos na carreira.

“Eu estava no backstage e ouvi o Weezer tocando Lithium. E eu tenho que ser honesto: eu chorei um pouquinho. Foi tão bom! Eu tenho saudade de tocar essa música”, confessou Grohl.

300919_davegroovador

Em outra passagem, essa de alegria, o Fantástico flagrou Dave dando um abraço efusivo em Júnior Groovador, baixista potiguar que viralizou na web ao botar uma pitada de forró em “Smells Like Teen Spirit”, que rendeu uma versão ao vivo, no palco do Rock in Rio, com o Tenacious D, banda do ator Jack Black. Dave disse que Groovador “é o cara” e que correu para ver a apresentação.

O Nirvana vive.

>>

Um fim de semana "diferente". Oferecimento de Tenacious D, The Horrors e Jay Z/Kanye West

>>

* E o que foi o show do Tenacious D no festival absurdo alemão Rock am Ring, no sábado?
Showzaço, 130-140 mil pessoas urrando para os caras, Jack Black muito louco, uma alegoria de pênis gi-gan-te no palco (alguns podem argumentar que era uma águia…). Passou ao vivo na internet. Tem inteiro na internet.

* E o show do Horrors em Sorocaba, ontem?
Adoro coisas bizarras do tipo. Puta show incrível, lugar com poucos e bons, palco armado numa ex-loja de material de construção, estrutura bizarra, luzes pipocando em hora errada, chão do lugar era um mosaico frio de pisos e azulejos de demonstração, um trecho diferente do outro. E a banda mandando coisas do tipo do vídeo abaixo, num domingo à noite. Do lado do palco, perto de uma área de um bar que fritava/assava uns salgados para vender, uma senhora lia sossegada seu livro, sentada numa dessas mesas de alumínio com propaganda de cerveja. De bem antes do show até o final da noite. No palco, Faris em atuação. Grande noite.

—> Foto do Horrors do Instagram: @anabeanjean

* E o Jay Z e o Kanye West tocando 11 vezes num show só a música “Niggas in Paris” em… Paris?
Foi na sexta passada. Eles quebraram o recorde de performance da música que era de apresentação em Los Angeles, em dezembro, quando foi tocada dez vezes. “Esta música não foi feita para os ‘niggas’ de Los Angeles. Vamos quebrar o recorde aqui’, avisou o Jay Z ao público do Palais Omnisports de Bercy, na capital francesa.

– As duas primeiras vezes…

– O momento do recorde. A 11ª vez.

>>

Vem aí a maior banda do planeta: Tenacious D

>>

* Jack White ou Jack Black? Hein?

* Todo mundo só fala do tal Jack White, mas a Popload está aqui para lembrar que o novo disco da banda meio engraçada, meio MUITO séria, meio heavy metal Tenacious D, liderada pelo maluco Jack Black, sai daqui a duas semanas. O disco, o terceiro do grupo-dupla, que não grava nada desde 2006, chama-se “Rize of the Fenix”, tem tanta propaganda em outdoors pelas ruas de Los Angeles quanto o filme novo e ditatorial do Sacha Baron Cohen, e sai às lojas no dia 15. Dele, já vimos a “To Be the Best”, em vídeo promocional superpovoado de estrelas. Jack Black é bem relacionado.

Dito isso, vale recordarmos Jack Black em uma de suas primeiras performances bizarras, esta em 2001, no programa do apresentador Conan O’Brien. Conan fez até questão de frisar a alcunha da banda, logo na introdução da apresentação. Na época, o Tenacious D mostrou ao vivo a música “Wonderboy”, do primeiro disco, com Jack Black vestido a caráter. A música, meio Queen, meio Darkness, foi executada no programa mais ou menos assim:

>>

A incrível (e tumultuada) volta do Tenacious D

>>

* Que mané Jack White. Ferrou tudo no heavy metal. Jack Black, Kyle Gass e o Tenacious D estão de volta. Com uma pequena ajuda de Dave Grohl e muito sangue jorrando, inclusive do Val Kilmer, haha. “Rize of the Fenix” sai às lojas dia 15 de maio. O vídeo explica tudo por si mesmo.

>>