Em the flaming lips:

Integrantes do The Flaming Lips e as Deap Vally unem forças e formam o… Deap Lips. Com o Wayne Coyne incluído, ainda por cima

>>

061219_lips2

Como não adorar Mr. Wayne Coyne?

Famoso não apenas por ser um dos caras mais inventivos da cultura pop, o líder do Flaming Lips é conhecido também por apoiar artistas e bandas menores em colaborações.

A mais recente, divulgada agora, é um tanto mais complexa. Ao lado de Steven Drozd, seu parceiro de banda, Coyne convidou as meninas Lindsey Troy e Julie Edwards, do Deap Vally, para formarem os quatro um novo grupo, o, atenção… Deap Lips.

deapvally2

O disco de estreia, que carrega o nome da banda, será lançado dia 13 de março. O primeiro single, “Hope Hell High”, pode ser conferido abaixo.

Deap Lips – Tracklist
01 Home Thru Hell
02 One Thousand Sisters With Aluminum Foil Calculators
03 Shit Talkin
04 Hope Hell High
05 Motherfuckers Got to Go
06 Love Is a Mind Control
07 Wandering Witches
08 The Pusher
09 Not a Natural Man
10 There Is Know Right There Is Know Wrong

>>

The Flaming Lips libera disco ao vivo do “The Soft Bulletin”, com orquestra, coral e cores no Colorado

>>

291119_flaminglips2

O lindo The Flaming Lips, uma das bandas mais viajadas da música alternativa, está de volta com um disco ao vivo, com destaque para a apresentação na íntegra do álbum The Soft Bulletin.

Gravado em 2016 no famoso anfiteatro Red Rocks, a banda de Wayne Coyne foi acompanhada pela Colorado Symphony Orchestra, além de um coral com quase 60 vozes. A regência foi do maestro Andre de Ridder.

“Estávamos abertos a novos arranjos para cada canção, utilizando toda a orquestra para criar o melhor efeito possível”, contou o Wayne.

Neste ano, o Flaming Lips já lançou um álbum de inéditas, “King’s Mouth”.

flaminglipsredrocks

>>

Cheirinho de psicodelia no ar: The Flaming Lips lança “King’s Mouth”, seu 15º álbum

>>

211016_flaminglips2

Nesta sexta-feira, o complexo e ótimo The Flaming Lips lançou seu 15º disco de estúdio. “King’s Mouth” é o primeiro de inéditas da banda norte-americana em dois anos.

O álbum é baseado na instalação artística de mesmo nome que rolou em Oklahoma, no ano de 2015, quando os visitantes vivenciavam uma experiência de sete minutos com luzes e imagens de LED dentro de uma cabeça gigante. Básico.

Diz o criativo e talentoso Wayne Coyne que a concepção do disco é baseada em uma história fictícia em que um rei morre ao tentar salvar seus súditos de uma avalanche.

A íntegra do álbum pode ser ouvida abaixo para quem tem Deezer, o player oficial da Popload.

>>

Depois de lançar tiragem limitada e especial do próximo disco, The Flaming Lips mostra o single “All for the Life of the City”

>>

211016_flaminglips2

O incrível The Flaming Lips soltou um novo single do seu 15º disco, “King’s Mouth”, o primeiro da turma do Wayne Coyne desde 2017.

A canção se chama “All for the Life of the City” e apareceu na edição limitada em vinil dourado lançada em 4 mil cópias no último sábado, dentro do Record Store Day.

O disco é baseado na instalação artística de mesmo nome que rolou em Oklahoma, no ano de 2015, quando os visitantes vivenciavam uma experiência de sete minutos com luzes e imagens de LED dentro de uma cabeça gigante.

Diz o Wayne que a concepção do disco é baseada em uma história fictícia em que um rei morre ao tentar salvar seus súditos de uma avalanche.

A faixa pode ser ouvida abaixo. O disco será lançado oficialmente no mês de julho.

>>

O que você quer, Wayne Coyne? Flaming Lips anuncia novo álbum com participação especial de Mick Jones, do Clash

>>

051218_mickjones_slider

O sempre inventivo Wayne Coyne é desses caras que sempre estão nos surpreendendo. E, parece, ele vai conseguir de novo, em 2019. O seu Flaming Lips anunciou para o mês de abril, no Record Store Day, o lançamento de um álbum especial.

O projeto receberá o nome “King’s Mouth”, o mesmo de uma instalação de arte feita por Coyne em 2015, na qual eram tocadas músicas inéditas. O charme deste novo disco é a participação de Mick Jones, ex-guitarrista do lendário The Clash.

O músico, que também acumula passagens pelo Big Audio Dynamite e esporadicamente pelo Gorillaz, fará narrações em “quase todas as músicas”, o que é “realmente inacreditável”, nas palavras de Coyne.

O anúncio foi feito no Instagram oficial do próprio Wayne Coyne, mas ainda não há nenhuma prévia em áudio.

Visualizar esta foto no Instagram.

… ok.. so… our King’s Mouth album that will be coming out on @recordstoredayus in April has Mick Jones on it… yeah Mick Jones from The Clash and Big Audio Dynamite.. he’s doing the narration … he’s on almost every song… it really it quite unbelievable.. ill post a little video clip so you can hear him … but yeah!!!!! Man!!! Sooooo cool❤️🎅🏼🎅🏼🎅🏼🎅🏼❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️🎅🏼🎅🏼🎅🏼🎅🏼🎅🏼🙏🙏❤️❤️❤️❤️❤️#waynecoyne #theflaminglips #spongebobbroadway #flaminglipsconcert #flaminglips #kingsmouth @stevendrozd @scott_booker @jenstark @irreversibility @mtekbot @katyweaver @denniscoyne @kwkakwka @rockworth @nicholas_ley @spacefacemusic @oliverhibert @hein_koh @wow_elec_tron @nilerodgers @tannermariehull @wilco @waynecoyne5 @unitheband @dandeacon @mileycyrus @the_avam @gabbytwin @iiswhoiis @mtekbot @postmalone @paulsmith

Uma publicação compartilhada por Wayne Coyne (@waynecoyne5) em

>>