Em the kills:

Alison Mosshart lança a ótima “It Ain’t Water” e diz que está trabalhando em um novo disco do The Kills

>>

130520_alison2

A espetacular Alison Mosshart deu um tempinho no seu lindo The Kills e vai lançar mais canções solo este ano.

Envolvendo produtores como Alain Johannes e Lawrence Rothman, Alison primeiro vai lançar um single duplo com as faixas “Rise” e “It Ain’t Water”, esta última divulgada hoje em vídeo produzido pela própria cantora, em confinamento em sua residência em Nashville. A data prometida é 31 de julho. Se virão mais músicas, ainda não se sabe.

Em entrevista para a NME, Alison entregou ainda que ela e seu parceiro Jamie Hince estão trabalhando em um novo álbum do Kills.

“Estamos no meio da gravação do disco. Se algum dia pudermos nos ver novamente e eu puder voltar para Los Angeles, seria o ideal. Acabamos de escrever as demos e tudo mais, por isso temos já de cara três ou quatro músicas que realmente gostamos, além de várias outras que estão sendo aprimoradas no momento. Elas soam diferentes, mas provavelmente todo mundo vai achar que continua parecendo o que sempre fizemos”, disse a cantora.

>>

Rappelez-vous de vivre: um The Kills lindo de 2017 em festival francês, enquanto dá

>>

Captura de Tela 2020-05-05 às 9.55.07 AM

* A frase “recordar é viver”, na música ou em qualquer outra atividade humana, seja ela hoje em qualquer lingua, virou o único mote que temos nesta era sem presente e com um futuro muito incerto. Já que é o que nos resta, olhar para trás, seja nas reprises de Fórmula 1 antigas da Globo ou nos shows velhos postados pelo Metallica, toma aí então um The Kills delícia num festival francês delícia em 2017.

Saudade do Kills, uma das primeiras bandas a vir ao Popload Gig, duo barulhento/sexy formado por Jamie Hince e a musa indie Alison Mosshart, que aliás está soltando disco novo logo mais.

Mas então. Esse show do Kills no Cabaret Vert, festival realizado em uma comuna francesa a 200 km de Paris, é da turnê do quinto disco da dupla, “Ash & Ice” e traz o que eles trazem mesmo de melhor e a gente não cansa de dizer: um barulho sensual.

>>

The Kills mete o pé na porta e lança duas covers potentes em novo single

>>

010318_thekills2

Não-casal mais legal do mundo indie, Jamie Hince e Alison Mosshart chegaram com os pés na porta e lançaram hoje um single duplo, com duas regravações e um vídeo novo.

As canções escolhidas pelo lindo duo The Kills em seu novo projeto foram “List Of Demands (Reparations)”, canção lançada em 2004 pelo músico, ator e poeta Saul Williams, e “Steppin’ Razor”, de Peter Tosh.

Diz a Alison que bateu um medinho para se atrever em fazer a cover de Saul Williams, pois trata-se de uma canção de muito respeito. “É uma música sobre força e empoderamento, com a ideia de ascensão. Certas músicas você se sente feito um intruso tentando cantá-las, mas nesta me senti à vontade”, contou. A faixa veio acompanhada de um vídeo todo bem produzido.

>>

Perrengue indie, The Kills toca em SP depois de se superar no e superar o Rock in Rio

>>

Captura de Tela 2017-09-23 às 5.53.30 PM

* Banda de abertura sofre. Hoje o maravilhoso duo The Kills toca com um baterista (trio, portanto) no lindo Allianz Parque, na categoria de atração de esquenta para o mega Bon Jovi. Alison e Jamie vão se apresentar no palcão gigante em espaço diminuto, som mais baixo, mas, se depender da entrega do grupo, como o visto quinta passada no Rock in Rio, deve ser showzão de novo.

O Kills não é fácil. Embora com um público estático, indiferente, tirando uma meia dúzia animada, transformou o palco sunset, de encontros musicais nem sempre bem-sucedidos, em uma garagem momentânea.

Sou beeeeem suspeito para falar, mas por incrível que pareça, no megafestival de figurões estratosféricos, a graça musical está nos palcos-garagens. Com honrosas exceções.

Captura de Tela 2017-09-23 às 5.53.13 PM

Mas enfim. Se teve alguma “representação Popload” neste Rock in Rio, essa foi o Kills, do qual sacamos dois vídeos abaixo.

Acho que, hoje à noite, em São Paulo, não deve ter nada melhor para se fazer do que ver Alisson Mosshart e Jamie Hince em ação, apesar de tudo contra.

Se você me permite, não custa lembrar que uma das duas vezes que a banda apareceu no Brasil foi pelas mãos do Popload Gig, em 2011, num show no Baixo Augusta. Antes, havia se apresentado no Campari Rock em 2005. Aí sim, em ambos os casos, tudo a favor.

* Fotos desta página e da home são de Fabio Tito, de “O Globo”.

>>

Em rede nacional, The Kills atualiza o que é ser cool na música nos dias de hoje

>>

170717_thekills2

O sempre incrível The Kills marcou presença, dia destes, no programa do Jimmy Kimmel para mostrar ao vivo as canções “Hard Habit To Break” e “Echo Home”, naquele esquema de sempre da Alison Mosshart esbanjando charme e o Jamie Hince sensualizando com sua inseparável guitarra.

O Kills, duo dos mais sensacionais que o rock já nos ofereceu, still counting, lançou mês passado o EP acústico “Echo Home – Non-Electric”, gravado em formato de session no Electric Lady Studios, em Nova York, e que consiste em versões desplugadas da faixa título, e ainda “Wait”, “That Love” e uma cover de “Desperado”, da Rihanna.

Após abrir shows da turnê do Foo Fighters pela Europa, a dupla continua na estrada até o fim do ano. Em setembro, o Kills vem ao Brasil para o Rock in Rio e ainda abre dois shows do Bon Jovi, em São Paulo e Porto Alegre.

A apresentação no Kimmel, plugada, pode ser conferida abaixo.

>>