Em the national:

Com nomes relevantes do Indie e com “folk” no nome, Taylor Swift anuncia novo disco de surpresa para amanhã

>>

170919_taylor

Uma das maiores estrelas do pop, Taylor Swift pegou o mundo de surpresa ao anunciar para meia-noite, na virada de hoje para amanhã, o lançamento de um novo disco de inéditas.

“folklore”, oitavo álbum da cantora norte-americana, já pinta diferente não só pelo nome, que pode mostrar um novo direcionamento musical de Taylor, mas também pela turma envolvida.

Ela entregou que Aaron Dessner, do The National, participou de 11 das 16 faixas. Quem também aparece em “folklore” é o Bon Iver e o produtor Jack Antonoff, que tem trabalhos ligados a Lana Del Rey, Lorde, Grimes e a própria Taylor.

“Escrevi e gravei essas músicas em isolamento, mas colaborei com alguns dos meus heróis musicais; Aaron Dessner (co-autor ou produtor de 11 das 16 músicas), Bon Iver (que escreveu e foi incrivelmente gentil para cantar uma música comigo), William Bowery (que escreveu duas canções comigo) e Jack Antonoff (que basicamente faz parte da família musical a essa altura). Antes desse ano eu provavelmente teria pensado mil vezes sobre quando lançar essas músicas na ‘hora perfeita’, mas o período em que a gente está vivendo me lembra de que nada está garantido. O meu instinto me diz que se você faz algo que ama, deveria compartilhar com o mundo. Esse é o lado da incerteza com o qual eu posso concordar. Amo muito todos vocês”, disse a cantora.

A capa, linda, é esta abaixo.

taylor_capa

folklore – Tracklist
the 1
cardigan
the last great american dynasty
exile (feat. Bon Iver)
my tears ricochet
mirrorball
seven
august
this is me trying
illicit affairs
invisible string
mad woman
epiphany
betty
peace
hoax
the lakes

>>

Baú dos sonhos! Com Arctic Monkeys, Wilco, Sonic Youth e grande elenco, NPR libera áudios de mais de 100 shows realizados no clubinho 9:30, de Washington

>>

010620_monkeys1

Entre os anos de 2005 e 2017, a NPR, rede de rádios norte-americana, tinha em sua programação uma série de performances ao vivo, registradas no famoso 9:30 Club, um dos principais redutos indies de Washington.

Com essa história de pandemia toda, a rede resolveu liberar em áudio mais de 100 SHOWS destes 12 anos relatados. tudo de graça, também em celebração aos 40 anos de fundação do clubinho.

Entre os registros estão shows de bandas como Sonic Youth, Arctic Monkeys, The National, Wilco, The Raconteurs, the Black Keys, Yeah Yeah Yeahs, James Blake e muito mais.

A lista completa de shows pode ser conferida abaixo.

2005

Bright Eyes
Bloc Party
David Gray
Lucinda Williams
Secret Machines and Kings of Leon
My Morning Jacket
Son Volt
Death Cab For Cutie
Calexico and Iron and Wine

2006

Belle and Sebastian and The New Pornographers
Arctic Monkeys
Yeah Yeah Yeahs
Neko Case
Toots and the Maytals
Mogwai
The Walkmen
Sonic Youth
Gomez
Fiery Furnaces
Sleater-Kinney
Regina Spektor
Jenny Lewis
The Black Keys and Black Angels
OK Go and French Kicks
Cat Power
Ray LaMontagne

2007

Emily Haines and the Soft Skeleton
The Good, The Bad & The Queen
Explosions In The Sky
Ted Leo and the Pharmacists
Low with Loney, Dear
The Frames
Ben Gibbard
Andrew Bird
The National
Richard Thompson
The Polyphonic Spree
Femi Kuti
Travis
Glen Hansard and Marketa Irglova from the film Once
Gogol Bordello
The Apples in Stereo
Rilo Kiley
Animal Collective
Iron and Wine
Jose Gonzalez
Josh Ritter
Stars
Spoon
The New Pornographers
Nickel Creek
Broken Social Scene
The Hold Steady

2008

Wilco
Stephen Malkmus and the Jicks
Nada Surf
DeVotchKa
The Raconteurs
The Ting Tings
Spiritualized
Of Montreal
Conor Oberst And The Mystic Valley Band

2009

Andrew Bird
Animal Collective
Dan Deacon
Metric
The Dead Weather
M. Ward
Sunny Day Real Estate
The Gossip
Dinosaur Jr.
Benjamin Gibbard and Jay Farrar

2010

Shout Out Louds
Public Image Ltd.
The New Pornographers
Superchunk
The Tallest Man On Earth
Deerhunter
Jonsi

2011

Best Coast and Wavves
Bon Iver
Beirut

2012

The Kills
JEFF The Brotherhood
The Soul Rebels
Galactic
Kishi Bashi
Of Montreal
fun.
Spiritualized
M83
Best Coast
Wye Oak
Dirty Projectors
Patrick Watson
Grizzly Bear

2013

James Blake
Volcano Choir
Marijuana Deathsquads
Poliça

2014

Future Islands
tUnE-yArDs
Sylvan Esso

2015

Sleater-Kinney

2016

Glen Hansard, Sharon Van Etten, Kishi Bashi, Laura Gibson, The Suffers, and Dan Deacon
Savages
Explosions In The Sky
Lucius
Warpaint

2017

Gaby Moreno
Robert Glasper and Bilal
Kronos Quartet
Margo Price
Bon Iver
Jeff Tweedy
Tank and the Bangas

>>

Uma notícia boa e outra ruim: The National divulga mais um show incrível, de seis horas, com uma música só. Mas é o último da quarentena, parece

>>

250520_thenational2

Nas últimas semanas, nossas noites de segundas-feiras não foram as mesmas graças ao The National, que sempre na faixa das 18h (de Brasília) vinha soltando belos registros de seus arquivos, com vídeos de shows especialíssimos, como em festivais tipo Primavera Sound e tudo mais.

Pois bem. A mamata acaba nesta segunda, 25 de maio. O grupo norte-americano, que vinha chamando a série de “Communal Event”, chocou os fãs ao anunciar o show de hoje com o título “A Final Exciting Communal Event”, apresentando a performance especial realizada na instalação artística do islandês Ragnar Kjartansson, no Museu de Arte Moderna (MoMA P.S.1), na região do Queens, em Nova York, no ano de 2013.

A curiosidade da apresentação é que o National tocou a canção “Sorrow”, presente àquela altura no disco mais recente do grupo, “High Violet”, por 6 HORAS SEGUIDAS. Talvez por isso o nome da instalação: “A Lot Of Sorrow”.

A série de vídeos, além de servir como entretenimento para os fãs, visou arrecadar fundos para a equipe de turnê do National, que ajuda e muito a produzir um dos melhores shows do mundo e foi afetada diretamente pela pandemia do coronavírus.

>>

Seguimos com a série de shows incríveis do The National: confira a apresentação no festival holandês Best Kept Secret, de 2018

>>

190520_thenational2

O lindo The National segue com suas noites de segunda-feira especialíssimas, primeiro para ajudar sua equipe de turnê, responsável por fazer rodar um dos melhores shows do mundo. Segundo, para entreter nós, fãs, em período de quarentena e sem turnês.

O show que foi ao ar na noite de ontem foi o realizado no festival Best Kept Secret, que acontece na região de Hilvarenbeek, na Holanda. O registro é datado de 9 de junho de 2018.

Na apresentação de 100 minutos cravados, performances incríveis de canções como Don’t Swallow the Cap, I Need My Girl e Fake Empire.

A apresentação completa, abaixo.

SETLIST
0:46 Nobody Else Will Be There
5:24 The System Only Dreams in Total Darkness
9:47 Don’t Swallow the Cap
14:35 Walk It Back
20:38 Guilty Party
27:00 Afraid of Everyone
31:50 Bloodbuzz Ohio
36:50 I Need My Girl
41:20 Conversation 16
45:40 Slow Show
50:00 Day I Die
55:07 Carin at the Liquor Store
58:32 Graceless
1:03:42 Rylan
1:09:20 Fake Empire
1:13:15 About Today
1:21:17 Light Years
1:25:10 Mr. November
1:30:15 Terrible Love
1:33:05 MATT POPS THE BALLOON

1:35:35 Vanderlyle Crybaby Geeks

>>

KCRW desova vídeos de sessions raras e incríveis de Beck, The National, Lykke Li e até da Adele, de quando ela tinha 20 anos e só um disco

>>

180520_beck2

Uma das rádios mais importantes do (nosso) mundo, a norte-americana KCRW, que fica sediada em Santa Monica, nos arredores de Los Angeles, Califórnia, tem recheado seu canal oficial no YouTube com registros raros e antigos de sessions incríveis, de mais ou menos 10 anos atrás, ou mais.

Só nos últimos dias, a emissora americana botou no ar uma session do Beck, de 2008, tocando até “Gamma Ray”, pensa.

Tem também uma apresentação da Adele, no mesmo ano, quando ela nem era a superestrela que o pop venera nos dias atuais.

180520_adele2

Também foram retiradas da gaveta apresentações da Lykke Li e do nosso amado The National, ambas de 2011. A do National, vale ressaltar, foi uma session de divulgação do discaço “High Violet”, que já vai completar uma década ano que vem.

O tempo está passando muito rápido…




>>