Em the Nearer The Fountain More Pure the Stream Flows:

Damon Albarn por todo lugar: na TV, no rádio, com disco novo, tocando Blur, fazendo cover…

>>

* Damon Albarn é o cara. Lançou seu lindaço segundo álbum solo na última sexta-feira, o “The Nearer the Fountain, More Pure the Stream Flows”, vai vir com tudo para shows na América do Sul no ano que vem com o Gorillaz e anda tocando Blur em sessions e apresentações recentes. Olha o repertório de boas músicas que ele acumula!!!

Do dia que saiu o disco para cá, a gente juntou algums momentos de Damon Albarn nos últimos dias espalhando sua música em rádio britânica, TV americana e até fazendo cover incrível de banda absurda.

Resumindo, abaixo temos Albarn mandando uma performance da absurda “Dakrness to Light”, do disco novo, para o programa do Jimmy Fallon, tocando o superhit “Don’t You Want Me”, do Human League, na Radio 2 (programa da maravilhosa Jo Whiley), e encerrando seus shows no Pryzm Kingston, no sul de Londres, e na loja Rough Trade, no East, com a clássica “Beetlebum”, do Blur, ao piano.

>>

Damon Albarn toca o disco solo lindão e novo em show em Paris

>>

* O nosso querido Damon Albarn, ser musical iluminado há muito tempo e com muitas bandas, tocou neste onipresente programa francês Arte Concert, aquele esforço conjunto esperto com instituições francesas, desta vez com o conhecido programa de vídeos “La Blogothèque”, a revista “Les Inrockuptibles” e o absurdo centro de música moderna La Gaîté Lyrique, onde o cara do Blur, do Gorillaz e agora saindo solo novamente se apresentou.

Sexta que vem Albarn lança “The Nearer the Fountain, More Pure the Stream Flows”, seu segundo disco usando seu precioso nome. O álbum serviu de base para o material sonoro apresentado na linda performance para o Arte Concert, com banda cheia, galera em violinos, contrabaixão, Damon ao piano, num palco arena com o público ao redor. Tudo filmado neste show especial na quinta-feira passada, de 1h15 de duração.

Sim, teve duas do Blur e três do Gorillaz no setlist.

***

* As músicas tocadas
0:41 The Nearer the Fountain,
More Pure the Stream Flows
5:12 The Cormorant
8:57 Royal Morning Blue
12:38 Lonely Press Play
16:20 Go Back (Tonny Allen)
22:17 The Tower of Montevideo
27:10 The Poison Tree (The Good, The Bad & The Queen)

32:17 Hong Kong (Gorillaz)
37:08 Daft Wader
39:53 Out of Time (Blur)
44:13 El Mañana (Gorillaz)
50:03 Darkness to Light
54:26 On Melancholy Hill (Gorillaz)
57:16 Polaris
1:03:46 Particles
1:07:49 This Is a Low (Blur)

>>

Damon Albarn mostra ao piano seu single novo, e mais uma do Blur, no Jools Holland

>>

* No último sábado, na TV inglesa e com extensão ao Youtube, passou uma especialíssima de bonita session do multitalentos-multibandas Damon Albarn, o cara do Blur, o cara do Gorillaz e também, quando novembro chegar, o cara que também sabe levar sozinho sua carreira, se apresentou no famoso programa do músico e apresentador britânico Jools Holland.

Albarn, que se firma solo em pouco mais de um mês com o segundo álbum que leva seu nome, o “The Nearer the Fountain, More Pure the Stream Flows”, tocou, voz e piano, duas músicas para o Jools.

Foram “No Distance Left to Run”, do Blur, e a novinha “Royal Morning Blue”, o quarto single mostrado desse seu futuro novo disco solo, que já nos tinha dado “Polaris”, “Particles” e a faixa-título.

Além das belas músicas na voz incrível de Albarn, foi bom ver que ele cortou aquele mullet esquisito (para não dizer feio) que ele vinha sustentando. Mas enfim:

>>

Damon Albarn e seu mullet lançam música nova. Ouça a bela “Polaris”, que também ganhou vídeo ao vivo

>>

Captura de Tela 2021-07-06 às 3.08.36 PM

* Mister Damon Albarn, o cara do Gorillaz e O CARA do Blur, entre outras bagunças sonoras variadas em que se mete, vem aí com seu segundo disco solo, “The Nearer The Fountain, More Pure The Stream Flows”, que vai ser lançado no dia 12 de novembro apenas.

Originalmente concebido como uma peça orquestrada inspirada nas paisagens da Islândia”, palavras dele, o disco solitário, apenas ele e esse mullet zoado que tem ostentado, vai trazer conversas sonoras sobre fragilidade, perda, emergência e renascimento. O primeiro disco solo de Damon Albarn, “Everyday Robots”, é de lááá de 2014, e o moço aproveitou a solidão do lockdown a que fomos submetidos para, enfim, trabalhar sozinho.

Então, como vemos os temas abordados são apropriados, achamos. Já pudemos sentir o que é isso com o belo primeiro single, faixa que leva o mesmo nome do álbum. E hoje temos o segundo exemplar da empreitada rumo à introspecção de Albarn, a ainda mais bela “Polaris”.

A música foi ao streaming e também veio em forma de performance ao vivo, tirada do filme que vai acompanhar todo o novo álbum, o “The Nearer The Fountain, More Pure The Stream Flows”.

“Polaris”, ao que consta, é uma evocação à estrela-guia que possa conduzir aqueles que perderam o rumo com esta situação anormal que entramos com o vírus, desde o ano passado.

Esse filme preto e branco ao vivo faz parte da série “Sublime Boulevards – Performance Films”, que traz Albarn acompanhado de uma bandaça ao vivo, incluindo um quarteto de cordas.

Ele pode ser visto aqui embaixo, em toda a sua grandiosidade. Na sequência, o tracklist de “The Nearer The Fountain, More Pure the Stream Flows”, algumas delas tendo aparecido na performance de Albarn na recente edição online do Glastonbury, e a lista de shows futuros dele no Reino Unido e Europa, em 2022. Porque, obviamente, vamos acompanhar tudo daqui.

*****

** O tracklist do disco:
1. The Nearer The Fountain, More Pure the Stream Flows
2. The Cormorant
3. Royal Morning Blue
4. Combustion
5. Daft Wader
6. Darkness to Light
7. Esja
8. The Tower of Montevideo
9. Giraffe Trumpet Sea
10. Polaris
11. Particles

** As datas da turnê 2022
21 e 22 Fevereiro – London (Barbican)
23 e 24 Fevereiro – Dublin (National Concert Hall)
26 Fevereiro – Luxembourg (Philharmonie)
28 Fevereiro – Brussels (Bozar)
1 Março – Brussels (Bozar)
2 Março – Eindhoven (Muziekgebouw)
4 e 5 Março – Paris (Philharmonie)
6 Março – Lyon (Auditorium)
7 Março – Hamburg (ElbPhilharmonie)
9 Março – Copenhagen (KB Hallen)
11 Março – Reykjavik (Harpa)

>>