Em the slow rush:

Tame Impala anuncia shows pelo mundo (não aqui) e mostra a inédita “No Choice”

>>

* O grupo australiano Tame Impala anunciou hoje uma penca enorme de shows de 2022, pelos EUA, Reino Unido, Europa e Austrália. Cóf, cóf. E isso ainda nem é tudo.

No embalo desse pronunciamento, por que não?, lançaram uma música inédita, chamada “No Choice”, que teria ficado de fora do seu poderoso disco “The Slow Rush”, mas não vai ficar de fora da caixa de luxo que vai sair do álbum em fevereiro do ano que vem, quando forem completados 2 anos de seu lançamento, no meiaço da pandemia.

Se a música, uma “sobra”, é boa? Claro que sim.

>>

Tame Impala toca Travis Scott e o disco novo na retomada de shows nos EUA

>>

* Uma das atrações enormes do cancelado (por tempestade) festival Bonnaroo, no último dia 2, o grupo australiano Tame Impala emendou uma turnê americana antes cancelada (pela covid), que começou semana passada no United Center, em Chicago, e teve continuidade neste final de semana no lado Oeste dos EUA, lá para cima, em Portland e em Gorge, na maravilhosa “arena natural” Gorge Amphitheatre, onde funcionava o incrível e hoje extinto Sasquatch Festival.

A tour que foi retomada era a do disco “The Slow Rush”, do ano passado. No concerto de Chicago eles tocaram pela primeira vez “Skeletons”, música do terceiro disco do poderoso rapper Travis Scott com produção assinada pelo Tame Impala. A faixa ao vivo foi repetida nos shows posteriores.

Também em Chicago, a banda de Kevin Parker cravou como música de encerramento desta etapa da turnê a grande música “One More Hour”, do disco novo, tocada live pela primeira vez no United Center.

Tanto essas “Skeletons” e “One More Hour” quanto outros momentos da apresentação de Chicago e de Gorge estão aqui embaixo, em vídeos.

>>

Fazendo jus à psicodelia, Tame Impala revela um vídeo muito loko para “Breathe Deeper”

>>

Captura de Tela 2020-12-15 às 4.30.18 PM

* Fazer animação tem sido um recurso seguro, rápido e talvez mais barato para as bandas e artistas botarem seu nome para circular com um vídeo novo. Deve ter sido isso que motivou o grupo australiano Tame Impala a anunciar hoje como vídeo oficial uma pegada gráfica e colorida para a faixa do excelente álbum “The Slow Rush”, seu quarto disco, lançado em fevereiro deste ano.

Mas, grande nome da nova psicodelia, o Tame Impala pode bem usar desse recurso.

A excelente e viajante “Breathe Deeper”, uma das muitas excelentes e viajantes músicas do último disco do Tame Impala, ganhou uma animação que mistura natureza e coisas hiperreais, se é que você me entende. Bichinhos fofos gigantes, insetos que às vezes parecem ET. Não, eu não tomei nada. Mas não me respondo pelo Kevin Parker.

E, vou falar, achei que teve hora ali no vídeo que aquela linda natureza animada, floresta encantada e tal, parecia dentro do corpo humano. E os animais fofos coloridos loucos uns micróbios.

Teve também um momento em que eu achei que tinha que respirar profundo, como manda o nome da música, e nessas vi uns cogumelos…

https://youtu.be/UTwlmgV3pEI

****

* “Breathe Deeper”, a faixa do vídeo, foi apresentada neste final de semana ao vivo nos estúdios da Triple J, a melhor rádio australiana e uma das mais legais do mundo. Demos ontem essa história aqui, em mesma session que o Tame Impala fez cover para a maravilhosa “A Girl Like You”.

>>

Tame Impala mostra “On Track” ao vivo na Austrália. Esta é a notícia!!

>>

Captura de Tela 2020-11-25 às 8.52.09 AM

* Nessa dança das premiações que estão ocupando as notícias nos últimos dias, o nosso Tame Impala compareceu a um, lá na Austrália deles, para receber láureas sobre o discaço “The Slow Rush”, que a banda lançou no começo deste ano.

Foi o ARIA Awards, que joga luz da indústria da música na rica cena australiana e nesta edição deu cinco prêmios ao Tame Impala, incluindo “Disco do Ano” e tals.

Mas talvez para nós a grande notícia aqui é que a banda fez uma apresentação especial no ARIA tocando ao vivo a faixa “On Track”, especialíssima canção do mais recente disco que nunca teve, digamos, uma visibilidade maior do que ser faixa do disco, tipo não apareceu em vídeo, session ou live qualquer.

Mas agora apareceu. E, com Kevin Parker em performance com os rapazes que compõem sua banda ao vivo geralmente, a linda “On Track”, cheia de climas e paradinhas, ao vivo ficou assim:

>>

Kevin Parker tomou algo e fez um vídeo colorido para a ótima “Is It True”, do Tame Impala

>>

Captura de Tela 2020-08-06 às 5.57.36 PM

* Depois de um misterinho nas últimas postagens no Instagram, o bamba Kevin Parker soltou finalmente no Youtube (olha o crossover de plataformas) o colorido e dançante vídeo para “Is It True”, dito como oficial mas que traz as lyrics. Kevin, né?

O importa que “Is It True” é um espetáculo de música, uma das melhores do ótimo “The Slow Rush”, lançado em fevereiro, antes um pouquinho de o mundo fechar por aqui. E pela Austrália.

O vídeo, psicodélico de televisão antiga, digamos, segue a vibe gostosa da música. Viagenzinha boa, algo elevado que tem na água de Perth, provavelmente.

Então, como sempre com o Tame Impala, está tuuuuudo certo!

>>