Em the slow rush:

Fazendo jus à psicodelia, Tame Impala revela um vídeo muito loko para “Breathe Deeper”

>>

Captura de Tela 2020-12-15 às 4.30.18 PM

* Fazer animação tem sido um recurso seguro, rápido e talvez mais barato para as bandas e artistas botarem seu nome para circular com um vídeo novo. Deve ter sido isso que motivou o grupo australiano Tame Impala a anunciar hoje como vídeo oficial uma pegada gráfica e colorida para a faixa do excelente álbum “The Slow Rush”, seu quarto disco, lançado em fevereiro deste ano.

Mas, grande nome da nova psicodelia, o Tame Impala pode bem usar desse recurso.

A excelente e viajante “Breathe Deeper”, uma das muitas excelentes e viajantes músicas do último disco do Tame Impala, ganhou uma animação que mistura natureza e coisas hiperreais, se é que você me entende. Bichinhos fofos gigantes, insetos que às vezes parecem ET. Não, eu não tomei nada. Mas não me respondo pelo Kevin Parker.

E, vou falar, achei que teve hora ali no vídeo que aquela linda natureza animada, floresta encantada e tal, parecia dentro do corpo humano. E os animais fofos coloridos loucos uns micróbios.

Teve também um momento em que eu achei que tinha que respirar profundo, como manda o nome da música, e nessas vi uns cogumelos…

https://youtu.be/UTwlmgV3pEI

****

* “Breathe Deeper”, a faixa do vídeo, foi apresentada neste final de semana ao vivo nos estúdios da Triple J, a melhor rádio australiana e uma das mais legais do mundo. Demos ontem essa história aqui, em mesma session que o Tame Impala fez cover para a maravilhosa “A Girl Like You”.

>>

Tame Impala mostra “On Track” ao vivo na Austrália. Esta é a notícia!!

>>

Captura de Tela 2020-11-25 às 8.52.09 AM

* Nessa dança das premiações que estão ocupando as notícias nos últimos dias, o nosso Tame Impala compareceu a um, lá na Austrália deles, para receber láureas sobre o discaço “The Slow Rush”, que a banda lançou no começo deste ano.

Foi o ARIA Awards, que joga luz da indústria da música na rica cena australiana e nesta edição deu cinco prêmios ao Tame Impala, incluindo “Disco do Ano” e tals.

Mas talvez para nós a grande notícia aqui é que a banda fez uma apresentação especial no ARIA tocando ao vivo a faixa “On Track”, especialíssima canção do mais recente disco que nunca teve, digamos, uma visibilidade maior do que ser faixa do disco, tipo não apareceu em vídeo, session ou live qualquer.

Mas agora apareceu. E, com Kevin Parker em performance com os rapazes que compõem sua banda ao vivo geralmente, a linda “On Track”, cheia de climas e paradinhas, ao vivo ficou assim:

>>

Kevin Parker tomou algo e fez um vídeo colorido para a ótima “Is It True”, do Tame Impala

>>

Captura de Tela 2020-08-06 às 5.57.36 PM

* Depois de um misterinho nas últimas postagens no Instagram, o bamba Kevin Parker soltou finalmente no Youtube (olha o crossover de plataformas) o colorido e dançante vídeo para “Is It True”, dito como oficial mas que traz as lyrics. Kevin, né?

O importa que “Is It True” é um espetáculo de música, uma das melhores do ótimo “The Slow Rush”, lançado em fevereiro, antes um pouquinho de o mundo fechar por aqui. E pela Austrália.

O vídeo, psicodélico de televisão antiga, digamos, segue a vibe gostosa da música. Viagenzinha boa, algo elevado que tem na água de Perth, provavelmente.

Então, como sempre com o Tame Impala, está tuuuuudo certo!

>>

Tame Impala bossa nova faz versão acústica para “On Track”

>>

Captura de Tela 2020-07-09 às 7.23.32 AM

* A gente sabe que a pandemia já deu quando vemos Kevin Parker no modo banquinho e violão. Ou cadeirinha e violão. O dono do Tame Impala soltou ontem à noite no Youtube uma versão quarentenada e acústica da faixa “On Track”, lentinha do álbum “The Slow Rush”, um dos grandes discos lançados neste ano complicado.

Não que a versão original seja uma daquelas músicas mágicas da banda australiana, que nos descola das realidades quaisquer quando escutamos. Mas essa versão acústica de “Ön Track”, embora até bonitinha, ali só no violão, vem desprovida das cores psicodélicas que marcam o Tame Impala.

Mas Kevin vem fazendo o que pode. A gente reconhece.

>>

Igual, mas diferente, Tame Impala mostra último single antes de lançar o novo álbum. Ouça “Lost in Yesterday”

>>

Captura de Tela 2020-01-08 às 9.01.04 AM

* Um dia depois de ser anunciado como headliner de dois potentes festivais do verão americano, o Governors Ball e o Bonnaroo, que acontecem em junho e estão no meio de uma grande turnê pelos EUA/Canadá que nossa banda psicodélica predileta vai fazer, o grupo australiano Tame Impala, na pessoa de seu líder e dono Kevin Parker, soltou a prometida “última música” antes de lançar seu álbum cheio.

A bem-boa “Lost in Yesterday”, que abusa do pedal wah-wah na “divisão de climas” tameimpaliana e é o derradeiro single até que o disco “The Slow Rush” ganhe lojas e plataformas em 14 de fevereiro, foi apresentada nesta manhã brasileira, com um cartaz-capa no Instagram e Twitter e, evidentemente, Youtube, Spotify, Deezer, Apple Music etc.

“The Slow Rush” é o quarto álbum do Tame Impala e seu primeiro em quase cinco anos. Desde o ótimo “Currents”, de 2015, Kevin Parker não se trancava em sua casa de praia em Perth e saía dela com um discão.

“Lost in Yesterday” segue os singles já lançados de “The Slow Rush”: “Borderline”, “Posthumous Forgiveness” e “It Might Be Time”.

Ouça a nova do Tame Impala aqui embaixo.

***

* O cartaz de divulgação do single, limpinho, é assim:

Captura de Tela 2020-01-08 às 9.05.08 AM

>>