Em the supremes:

Popnotas: O disco brutal do Nick Cave, um r.i.p. para Mary Supremes, o álbum de covers do Vaccines e… mais Foo Fighters

>>

Mary Wilson, co-fundadora e única integrante do famoso The Supremes que esteve em todas as formações do grupo, morreu aos 76 anos em Las Vegas, durante o sono. A causa não foi divulgada pelo seu assessor, Jay Schwartz. Fundado em 1959 ainda com o nome de The Primettes, as Supremes são um dos grupos vocais mais importantes da história, rivalizaram em popularidade com os Beatles nos anos 60, nos Estados Unidos, e fizeram parte da mítica Motown, a gravadora fundada por Berry Gordy Jr. por onde caminharam nomes como Jackson 5, Stevie Wonder e Marvin Gaye. Após o fim do grupo, Mary se tornou uma escritora popular com a sua autobiografia “Dreamgirl: My Life as a Supreme”, que se desdobrou ainda em um segundo livro. No domingo passado, Mary Wilson ela anunciou no Youtube que ia ter um disco novo solo lançado em março, que seria seu aniversário. Vamos ver se isso será mantido, com a triste notícia de sua morte.

– Ah, Nick Cave, sempre tão misterioso e direito ao ponto. Lembra que a gente contou por aqui que ele anunciou seu novo álbum, “Carnage”, como quem não quer nada em seu site onde responde a perguntas dos fãs? Alguém resolveu perguntar um pouco mais sobre o disco do músico australiano (foto na home), já que Nick da primeira vez se limitou a dizer que era um trabalho feito com seu parceiro de sempre, o grande músico Warren Elis. Pois bem, a resposta veio, meio curta é verdade, mas já é algo: “Mais informações? OK. Que tal essa? CARNAGE é um disco brutal, mas muito bonito, inserido em uma catástrofe comunitária”. Está bom para você?

– A banda britânica The Vaccines se prepara para lançar um EP de covers no próximo mês. Intitulado “Cozy Karaoke” (ótimo nome, inclusive sdd karaokê), já tivemos uma prévia, com a versão da já clássica do QOTSA, “No One Knows”. Também soubemos que teremos versão para “Fire”, da banda americana Waxahatchee, esta ainda não disponível nas redes. Mas nesta semana saiu uma cover de “High Horse”, de Kacey Musgraves, que você pode conferir aqui.

– Ainda aguenta o Foo Fighters? Temos duas mais da banda do chapa Dave Grohl, segura aí. Primeiro que o grupo deve explodir em no número 1 nas paradas britânicas com seu décimo álbum, “Medicine at Midnight”, lançado sexta passada. Seráo o quinto disco do FF a chegar ao topo do chart britânico. A coisa está tão grande que “Medicine at Midnight” vendeu mais, até agora, nestes primeiros dias, que os nove outros discos do Top 10, somados. A parada de discos de UK desta semana será divulgada na quinta.

Ontem à noite o Foo Fighters foi a atração musical do programa do Jimmy Fallon. Eles mandaram gravada uma performance ao vivo de “Waiting on a War”. Diferente das 200 outras que eles gravaram dessa mesma música. Diferente das 600 que eles gravaram para o disco 10 em si. Foi tipo assim:

>>

50 anos e mil tretas depois, clássicos do programa do Ed Sullivan vão ao Youtube

>>

* Teve todos os anos da MTV, teve o David Letterman, tem o Jools Holland, tem o Stephen Colbert, tem o Jimmy Fallon. Mas antes de tudo teve o “Ed Sullivan Show”, programa pioneiro de TV que foi ao ar de 1948 e 1971, levando aos ares americanos bandas de rock, jazz, R&B e pop da época. De Beatles a Elvis Presley, de Jackson Five a Rolling Stones, de Marvin Gaye a Beach Boys (abaixo).

Captura de Tela 2020-06-15 às 9.15.47 AM

E, depois de quase 50 anos do final do programa, uma grande batalha sobre direitos, duas agências que disputam a herança dessa importante arqueologia musical chegam a um entendimento e liberaram neste final de semana o catálogo inteiro de Sullivan para o mundo digital. Principalmente dos dourados anos 60. Está tudo na conta oficial do apresentador no Youtube, a “The Ed Sullivan Show”.

Na verdade ainda estão sendo liberadas. Hoje e amanhã ainda chegam mais. Veja a programação do que já tem e do que ainda vai entrar no Youtube:

Sexta, dia 12
* Marvin Gaye, “Take This Heart of Mine” (foi ao ar em 19 de junho de 1966)
* The Supremes, “You Can’t Hurry Love” (foi ao ar 25 de setembro de 1966)
* The Beach Boys, “Good Vibrations” (foi ao ar em 13 de outubro de 1968)
* The Temptations, “I Can’t Get Next to You” (28 de setembro de 1969)
* Neil Diamond, “Sweet Caroline” (30 de novembro de 1969)
* The Jackson 5, “Stand!” (14 de dezembro de 1969)
* Gladys Knight and the Pips, “I Heard It Through the Grapevine” (29 de março de 1970)

sábado, dia 13
* Smokey Robinson and the Miracles, “Yesterday” (31 de março de 1968)

domingo, ontem
* Four Tops, “Reach Out I’ll Be There” (16 de outubro de 1966)
* The Jackson 5, “I Want You Back” (14 de dezembro de 1969)

hoje
* Diana Ross and the Supremes, “Love Child” (5 de janeiro de 1969)

amanhã
* The Temptations, medley: “Girl (Why You Wanna Make Me Blue)” / ”All I Need” / ”My Girl” / ”(I Know) I’m Losing You” (28 de maio de 1967)

Olha que maravilha:










***

* A gente vai completando aqui hoje e amanhã para atingir o catálogo inteiro liberado do Ed Sullivan.
>>