Em the white stripes:

POPLOAD TV – Programa Gliv Rocks apresenta 8 duplas barulhentas da música

>>

* O ditado “1 é pouco, 2 é bom” talvez faça um forte sentido na música, se você parar por aí (e não descambar para o sertanejo, haha. Brincadeira, Rodolfo!).

GLIV ROCKS - 08 Duplas Barulhentas LOGO 1250

O canal Gliv Rocks, em parceria quinzenal com a Popload TV, nosso canal no Youtube, seleciona neste feriadão 8 duplas da música que fazem um barulho danado como se fossem uma banda de cinco integrantes. É duo que toca baixo como se fosse guitarra, que toca guitarra sem precisar de baixo, é que tem o baterista da dupla cantando, por aí vai.

O historiador do rock Alê Zampieri, autor do roteiro, edição e apresentação do Gliv Rocks, garimpou uma pequena lista desses duos incríveis e seus noises maravilhosos. Não vamos adiantar mais porque tira a delícia da abordagem do Gliv Rocks. Fora que, além do vídeo, o assunto é acompanhado por uma playlist esperta no Spotify.

***
**

* Abaixo, a playlist das duplas.

>>

Eita! Saiu a gravação do último show do The White Stripes, de 2007. Custa quase 10 dólares. Pega logo o meu dinheiro, Jack

>>

190919_whitestripes2

Recentemente, Jack White anunciou uma parceria da Third Man Records com a nugs.tv, plataforma de streaming referência quando o assunto é conteúdo de shows ao vivo pelo mundo.

A parceria engloba o lançamento de um programa de arquivos da Third Man Records, selo de Jack White, com diversos shows antigos de suas bandas e de sua carreira solo. Poucas semanas após o anúncio, que se iniciou com a transmissão de três shows do Raconteurs em Nashville mês passado, a plataforma está oferecendo para seus assinantes nada menos que o áudio completo do último show do The White Stripes.

Embora a dupla formada por Jack e Meg tenha se desfeito oficialmente há mais ou menos oito anos, a última vez que eles compartilharam de um mesmo palco foi em 31 de julho de 2007, em Southaven, quase na divisa do Mississippi com o Tennessee.

Naquela noite, o duo tocou nada menos que 24 canções, entre elas diversas clássicas. A última interpretação foi para “Boll Weevil”, tradicional faixa blues do Leadbelly.

A notícia “ruim” é que, para ouvir a apresentação na íntegra, é preciso pagar no mínimo $9.95 (tipo R$ 40). O que dá para ouvir de graça são trechos de 30 segundos de cada faixa, aqui.

** Nunca é demais lembrar que Jack White estará no Popload Festival deste ano, não com a Meg (quem sabe um dia), mas com o também incrível The Raconteurs, em show que acontece no dia 15 de novembro, feriado, em SP. Junto tem também a seminal Patti Smith, a volta do Cansei de Ser Sexy, o Hot Chip com disco novo, a Little Simz sensação e muito mais.

white-stripes-final-setlist

last-white-stripes

>>

Em Seattle, Jack White retribui gentileza e faz cover de “Daughter”, do Pearl Jam

>>

Jack White em Seattle, na última segunda-feira. (Foto: Divulgação)

Jack White em Seattle, na última segunda-feira. (Foto: Divulgação)

Semana passada, o Pearl Jam fez shows históricos em Seattle e chegou a homenagear os professores do mundo todo com uma cover de “We’re Going to Be Friends”, do inesquecível The White Stripes.

Graças às coincidências que o destino prega, na última segunda-feira foi a vez de Jack White se apresentar na cidade, uma ótima oportunidade para retribuir a gentileza. E foi justamente o que aconteceu.

O ex-parceiro da Meg tocou em seu show a clássica “Daughter”. Como os celulares são proibidos nos shows de Jack, alguém gravou bem escondido o registro em áudio, que pode ser ouvido no fim do post.

Em julho, Pearl Jam e Jack White trocaram figurinhas em um festival em Portugal, quando tocaram juntos uma cover de “Rockin’ in the Free World”, de Neil Young.

>>

Oba. Vem aí mais um disco ao vivo do inesquecível The White Stripes

>>

110816_whitestripes

Comemorando os 20 anos de uma das bandas/duplas mais icônicas desta geração, o inesquecível The White Stripes, o selo Third Man Records, do músico gênio Jack White, anunciou o lançamento de uma série de vinis contendo gravações ao vivo em Detroit no período de 1999 a 2001.

O pacote faz parte do clube de assinaturas trimestral exclusivo da gravadora, conhecido como “Vault”. As inscrições para adquirir essa belezura vão até dia 31 de outubro pelo site da Third Man.

O set contém uma reprodução dos pôsteres originais dos shows, além de três vinis nas cores clássicas da banda: preto, branco e vermelho. Abaixo, um recorte do que vem por aí:

TRACKLIST

Live at the Magic Bag 7-30-1999
Jimmy the Exploder
Wasting My Time
Astro
Cannon / John the Revelator (traditional)
The Big Three Killed My Baby
I Just Don’t Know What to Do With Myself (Bacharach/David)
Love Sick (Bob Dylan) (piano)
Dead Leaves and the Dirty Ground (piano)
St. James Infirmary (traditional) (piano)
Suzy Lee
Stop Breaking Down (Robert Johnson)
Lafayette Blues
The Same Boy You’ve Always Known
You’ve Got Her In Your Pocket (piano)
Broken Bricks

Live at the Magic Stick 8-18-2000
You’re Pretty Good Looking (for a Girl)
When I Hear My Name
Jolene (Dolly Parton)
Cannon/John the Revelator (traditional)
Apple Blossom
Dead Leaves and the Dirty Ground
Death Letter (Son House)
Little Bird
Jimmy the Exploder
I’m Bound to Pack It Up
Broken Bricks
Hello Operator
Astro / Jack the Ripper (Screaming Lord Sutch)
Ashtray Heart (Captain Beefheart)
Do
Let’s Shake Hands

Live at the Gold Dollar 6-7-2001
Dead Leaves and the Dirty Ground
Hotel Yorba
I’m Finding It Harder to Be a Gentleman
Fell in Love With a Girl
Expecting
Little Room
The Union Forever
The Same Boy You’ve Always Known
We’re Going to Be Friends
Offend in Every Way
I Think I Smell a Rat
Aluminum
I Can’t Wait
Now Mary
I Can Learn
This Protector

051017_whitestripes_album

>>

A primeira vez a gente nunca esquece: The White Stripes mostra para a geral seu primeiro show, de 20 anos atrás

>>

110816_whitestripes

A data 14 de julho remete a, certamente, um dos dias mais importantes da história do rock. Foi neste dia, no ano de 1997, que um tal The White Stripes fazia sua primeira apresentação em um palco.

Foi no The Gold Dollar, em Detroit, que Jack e Meg tocaram três músicas e, dali, se transformaram anos mais tarde em um dos nomes mais icônicos da música moderna.

Naquela noite, a dupla tocou as canções “St. James Infirmary”, “Jimmy The Exploder” e “Love Potion #9”. O registro raro ganhou agora lançamento oficial. Depois da versão em vinil, comercializada para associados da Third Man Records, gravadora de Jack, agora o material está disponibilizado online e pode ser ouvido abaixo.

We <3 White Stripes (ainda).

>>