Em third man records:

Jack White anuncia novo álbum ao vivo e solta versão exclusiva e explosiva de “Missing Pieces”

>>

Nesta segunda, o gênio multibandas Jack White anunciou o lançamento de mais um álbum ao vivo. “Jack White: Live at the Masonic Temple” faz parte daquele clube de assinatura supercool de sua gravadora, a Third Man Records.

vault47_banner

O disco é o registro de uma apresentação de Jack em 2014, no Templo Maçônico de Detroit, locação que não foi escolhida por acaso. O lugar tem um significado especial para o músico: sua mãe já trabalhou ali e, em 2013, Jack impediu que o lugar fosse fechado de vez. O teatro da casa, inclusive, acabou ganhando seu nome.

O show em questão, durou TRÊS HORAS (empolgado, ele), contou com a participação de seus colegas de banda do Dead Weather, Alison Mosshart (também The Kills) e Dean Fertita (também QOTSA), além de ter covers incríveis de Beck e Led Zeppelin. E, obviamente, os hits maravilhosos do White Stripes AND músicas de sua carreira solo.

A edição número 47 do Third Man Vault traz todas aquelas firulas que a gente gosta: vinis coloridos e material exclusivo. Inclusive, conta com um 7″ de sua recente performance no programa de televisão “Saturday Night Live”, aquela em que White homenageou Eddie Van Halen.

Abaixo, você confere uma faixa exclusiva desse pacotão sensacional e o tracklist completo.

***

* TRACKLIST “JACK WHITE: LIVE AT THE MASONIC TEMPLE”

1. Fell in Love with a Girl
2. Astro
3. The Big Three Killed My Baby
4. High Ball Stepper
5. Lazaretto
6. Missing Pieces
7. Just One Drink
8. Hotel Yorba
9. You Know That I Know
10. Love Interruption
11. Weep Themselves to Sleep
12. I Cut Like a Buffalo
13. Cannon
14. Hoodoo Man (Junior Wells cover)
15. Icky Thump
16. Screwdriver
17. Ramblin’ Man (Hank Williams cover)
18. Apple Blossom
19. Three Women
20. The Same Boy You’ve Always Known
21. We’re Going To Be Friends
22. Sugar Never Tasted So Good
23. Entitlement
24. Alone in My Home
25. Steady, As She Goes
26. Ball and Biscuit
27. The Lemon Song (Led Zeppelin cover)
28. The Hardest Button to Button
29. Sixteen Saltines
30. Devils Haircut (Beck cover)
31. Hypocritical Kiss
32. That Black Bat Licorice
33. Would You Fight For My Love?
34. Blue Blood Blues
35. You Don’t Know What Love Is (You Just Do As You’re Told)
36. My Doorbell
37. I Fought Piranhas
38. Seven Nation Army

>>

Tick tick boooooom. Saiu o primeiro disco ao vivo do Hives, sob a benção do Jack White

>>

* Uma das bandas mais explosivas ao vivo da última década, quando pulsava linda na onda do novo rock, e não que tenha acabado, a entidade sueca The Hives misturou-se ao Jack White no quarto azul mais legal do Tennessee para resultar num disco ao vivo digital e em vinil preto que nós já queremos muito.

Ainda nos cascos indies quando o assunto é show, embora não lance um disco novo desde 2012, o Hives fez uma turnê lotada nos EUA em 2019 e deu uma parada nos domínios da gravadora de White em Nashville para registrar no famoso Blue Room alguns de seus principais sucessos, com plateia.

Saiu sexta passada o “The Hives Live at Third Man Records”, primeiro disco ao vivo do grupo sueco. “Achamos que era necessário mostrar uma performance ao vivo, algo que sentimos muito falta em uma época em que shows assim não são uma opção”, foi o comunicado da banda nas redes sociais.

hives

A versão deste disco para o megahit indie “Hate to Say I Told You So” já era conhecida. Mais seis músicas espertas do Hives compõe o disco da Third Man, incluindo “Come On!” e “My Time Is Coming”, do último disco deles, “Lex Hives”.

Parece que um novo disco do Hives vai sair em 2021, com colaborações de Jack White, porque essa relação tem dado jogo faz algum tempo.

Ouça esta belezura dos suecos em Nashville! As versões de “Walk Idiot Walk” e “Main Offender”, para variar, são primorosas de tão garagem. Dá até para “ver” as estripulias de palco do malucaço “Pelle” Almqvist, ouvindo as músicas.

O vinil vai ficar assim:

THE HIVES
LIVE AT THIRD MAN RECORDS
(THIRD MAN RECORDS)

Lado 1
1. Come On!
2. Walk Idiot Walk
3. Main Offender
4. My Time Is Coming

Lado 2
1. Hate To Say I Told You So
2. I’m Alive
3. Tick Tick Boom

>>

Direto da casa do Jack White, Broken Social Scene solta EP ao vivo

>>

200120_brokensocialscene_slider

O ótimo Broken Social Scene segue seu ritmo frenético de lançamentos. Agora, a trupe canadense soltou um EP ao vivo.

O projeto foi registrado em 2018 na Third Man Records, gravadora de Jack White. Àquela altura, a apresentação serviu para divulgar o álbum “Hug of Thunder”.

No total, foram tocadas cinco músicas novas. O EP será lançado em vinil no dia 28 de fevereiro. Entre as canções estão antigas como “Cause = Time”, que é de 2002, e “Stay Happy”, de 2017.

>>

Wow! Billie Eilish grava disco acústico, em processo analógico, na casa do Jack White

>>

071119_billie2

Maior fenômeno do pop hoje, Billie Eilish deu uma desacelerada de suas performances intensas e complexas para gravar um disco acústico, ao lado de seu irmão e fiel escudeiro Finneas.

A ocasião fica mais especial ainda ao saber que este álbum especial foi gravado na sede da Third Man Records, em Nashville, a casa do Jack White. A performance de 11 músicas foi capturada diretamente no disco físco.

Eilish foi apresentada pelo próprio Jack, que a definiu como “alguém que a gente realmente ama, e acreditamos que é realmente inovadora e inspiradora”. Billie devolveu o elogio no mesmo tom e agradeceu White por ser “inspirar toda uma geração de pessoas a fazerem o que elas realmente querem”.

Entre as canções cantadas por Billie estão os hits “Bad Guy” e “Bury a Friend”. A data de lançamento ainda não foi anunciada, o que deve acontecer nos próximos dias.

A Third Man liberou algumas fotos da gravação, disponíveis no final do post.

Nunca é demais lembrar que Billie Eilish vem ao Brasil pela primeira vez no ano que vem, para shows em São Paulo e Rio de Janeiro.

Já Jack White estará por aqui bem antes, mais precisamente na semana que vem, para se apresentar no Popload Festival com o Raconteurs, dia 15 de novembro, feriado nacional.

>>

Abençoado por Jack White e Mick Jagger, Death From Above 1979 arma disco ao vivo

>>

200416_dfa2

O duo canadense Death From Above 1979 é destes que possuem uma trajetória toda torta e incrível no mundo da música. Dupla cool-estranha disco punk baixo distorcido-bateria que ainda carrega em seu som a energia essencial que chacoalhou Nova York e o mundo a partir de 2001, embora sejam de Toronto, eles têm mais de uma década de estrada e apenas dois discos, um de 2004, outro de 2014. Tudo bem que no meio disso a banda “acabou” entre 2006 e 2011 e voltou para um show no Coachella.

Talvez por isso, a ideia se lançar um disco ao vivo seja algo inesperado vindo de Jesse F. Keeler e Sebastien Grainger. Ou melhor, era.

Uma session gravada em Nashville em julho do ano passado, nos estúdios de Jack White em sua Third Man Records, resultou em disco que será lançado na próxima sexta-feira. O álbum foi gravado “na lata”, sem correções, e a performance foi acompanhada pelo próprio White e o… Mick Jagger. Quem conta é o próprio duo em um comunicado.

“Sempre fomos cautelosos com gravações ao vivo, porque elas podem acabar soando tão estéril a ponto de quase nunca traduzirem o real sentimento do show. A sensação do momento. Quando fomos convidados para gravar na Third Man, aceitamos sem hesitar. Se há uma pessoa que sabe sobre sensação do momento é Jack White. Ele é o santo padroeiro das vibes. Gravamos duas partes de uma vez, sem segundas chances. Fomos muito bem recebidos e a audiência foi demais. Mick Jagger estava lá. Nós mencionamos que saímos pra jantar com Jack e Mick e ficamos jogando conversa fora até 3 da manhã?”, relata o DFA1979.

Do registro, a dupla liberou a pesada-Iron-Maiden “Right on Frankenstein”, replicada abaixo.

DFA1979 – Live at Third Man Records – tracklist

Side A
01. Right On Frankenstein
02. Virgins
03. Going Steady
04. White Is Red
05. Trainwreck 1979
06. Gemini

Side B
07. Little Girl
08. Go Home Get Down
09. Government Trash
10. Always On
11. The Physical World

dfa_discocapa

>>