Em tocar em flores pelado:

CENA – Gabrre solta os bichos para falar de relacionamentos instáveis, em novo single

1 - cenatopo19

* O single anterior foi sobre a “banalidade do jovem atual”. Falamos aqui da ótima “De Noite Eh Dia de Sair”, lançada no começo de setembro. Hoje, o single da vez é outra delícia, “Elephants”, onde vamos tratar das dores de um relacionamento instável.

Captura de Tela 2020-10-09 às 5.27.30 PM

Com um vídeo cheio de bichos e plantas, estilo documentário da BBC, mas sendo lyric para dar aqueie caráter de karaokê, o músico gaúcho Gabrre, de Gramado, bota para rodar essa nova música, que junto com o single anterior estará em seu álbum de estreia “Tocar em Flores Pelado”, que será apresentado para o público no final deste mês.

Gabrre tem 22 anos e lugar de fala. E lugar de som. “Elephants” é uma releitura inspirada de música resgatada de sua antiga banda de adolescência, e nem faz tanto tempo assim. “Às vezes, quando brigamos, não queremos acertar as coisas, apenas deitar e abraçar calados, principalmente em um relacionamento instável”, explica o músico, de seu jeito.

Ele é da conexão do novo som gaúcho, muito ligado ao selo Honey Bomb Records, de Caxias do Sul, aquilo tudo o que a gente já sabe e vê. Gabrre constrói cantaroláveis músicas indies, algo próximo do pop mas sem perder um certo refinamento eletrônico da linha, sei lá, Unknown Mortal Orchestra ou, numa escala menor, Caribou. Impressiona a pouca idade e o referencial com resultado.

Tô viajando?

>>

CENA – Gabrre, 22, discute a banalidade jovem em novo single. Álbum cheio chega de Caxias do Sul em outubro

1 - cenatopo19

* Se Goiânia sempre foi a Seattle brasileira e Sorocaba, a Manchester tupi, faz tempo que estamos precisando definir um paralelo geográfico-sonoro para Caxias do Sul, pelos artistas, as bandas, os agitos e o selo Honey Bomb Records.

Uma boa oportunidade para voltarmos ao assunto pode ser no mês que vem, quando sai o disco, exatamente pelo Honey Bomb, do cantor e compositor Gabrre, de 22 anos, chamado “Tocar em Flores Pelado”.

A caminho desse novo álbum temos agora o single e vídeo de “De Noite Eh Dia de Sair”, o terceiro que Gabrre soltou neste ano. Os outros singles são “Mula Sem Cabeça” e “Defender”.

O título deste novo single é em português, mas a música é cantada em inglês. Indie pop delicioso, quase californiano, desses de tocar no rádio e ficar feliz.

O vídeo, dirigido pelo próprio Gabrre, de estilo retrô, traduz esse clima da Califórnia que a música inspira, de praia, festinha, droguinhas. Uma “sessão da tarde” turbinada.

“De Noite Eh Dia de Sair” tem uma mensagem, segundo o informe: é sobre a banalidade da vida do jovem nos dias atuais. Gabrre, 22, tem super “lugar de fala”. “A letra é sobre sair e encontrar as mesmas pessoas, nos mesmos lugares, fazendo as mesmas coisas, geralmente banais e
autodestrutivas”, explicou o cantor, com uma liberdade poética de pensar fora de tempos pandêmicos. E, aos olhos de hoje, sob a perspectiva deste 2020 bizarro, ver o vídeo parece estar-se diante de uma ficção científica ou algo na linha “Além da Imaginação”.

O que deixa a música até mais legal.

***

* A foto de Gabrre que ilustra a chamada para este post na home da Popload é de Samyra Locatelli.

>>