Em tom jobim:

Azealia Banks cantando bossa nova. É o que temos para hoje…

>>

Thank you São Paulo. I loved every single second of our time together. I can't wait to be back again. With love – AB

Uma foto publicada por Azealia Banks (@azealiabanks) em

A complicada Azealia Banks esteve recentemente no Brasil para um show em São Paulo e parece ter se maravilhado com o nosso país, como mostra uma das fotos publicadas por ela no Instagram, reproduzida acima.

A passagem dela por aqui a marcou tanto que ela resolveu fazer uma cover de “Chega de Saudade”, clássico da bossa nova escrito por Tom Jobim e Vinícius de Moraes, e que ficou famoso na voz de João Gilberto em seu disco de estreia.

A releitura, feita em arranjo acústico, é a primeira gravação de Azealia após a mixtape Slay-Z, lançada no início do ano.

>>

“Garota de Iphonema” junta Jobim e a Siri, do Iphone. Coisa do Bertazi, claro!

>>

* Os geniais remixes de Raphael Bertazi, o rapaz de Pirassinunga que faz cruzamentos musicais improváveis fazerem o melhor sentido do mundo, tipo quando misturou Morrissey com Compadre Washington, estão de volta. A gente não sabe o que fazer muito com esses mashups depois de ouvi-los algumas vezes, mas que eles são um trabalho notável, isso são!

Screen Shot 2015-11-23 at 16.05.03

Depois de um tempo sumido, Bertazi retorna com uma baita ajuda tecnológica, vamos assim dizer. Ele, que já misturou É O Tchan com Strokes e Racionais com Chapolin Colorado, desta vez apareceu com um som mais “nerd vibes”, tipo “Vale do Silício meets Rio de Janeiro”.

O clássico “Garota de Ipanema” foi encontrar nova cara com uma ajuda dos sons do iPhone, é a Bossa Nova revisitada pela Apple. E virou “Garota de Iphonema”. Ou, no nome certo, “Tom Jobim vs. Apple – Garota de iPhonema, featuring Siri (Bertazi Mashup)”. Se liga!

>>

Haha. O enredo é quase sempre o mesmo. Mas só melhora. Sabe o Raphael Bertazi, né? O moço de Pirassununga, produtor responsável por cruzar de forma incrível e improvável os caminhos da música baiana com o indie, aprontou mais uma com sua série “Axé Bahindie”.

Depois de soltar a “Revoltinha da Garrafa” envolvendo o Rage Against the Machine e a Companhia do Pagode, misturar o David Bowie com a Gaby Amarantos, os Ramones com o Roberto Carlos e o Strokes com o É O Tchan!, agora o Bertazi vem com o… o… The Smiths meets Compadre Washington!