Em too bright:

Wow!! O pânico gay do Perfume Genius

>>

* Música linda para um novo álbum. No dia 23 de setembro sai nos EUA o terceiro disco do rapaz de Seattle chamado Mike Hadreas, mas que tem como nome artístico, ou “de palco”, a alcunha de Perfume Genius. O menino é demais. Sonzinho de uma delicadeza assombrosa, que parece que vai quebrar a cada final de música. Mesmo em um alcance pequeno, mesmo tocando pra pouca gente em São Paulo e Recife em 2013, foi uma das melhores coisas a chegar ao pop em 2011/2012.

Screen Shot 2014-07-15 at 11.42.33

Antes o Perfume Genius era voz e piano, basicamente. Agora ele “cresceu”. Perfume Genius acaba de lançar a arrasadora “Queen”, canção cheia de instrumentação guitarrística tipo REM, bateria marcante, efeitos de vocal que vai puxar seu disco de setembro, batizado apropriadamente para o nível de sua música: “Too Bright”. A foto acima ilustra a capa do álbum.

Parece que Hadreas está trocando, com seu novo trabalho, uma certa fragilidade que marcou seus primeiros discos por uma raiva de quem não suporta mais ser tímido, história que ele ou sua gravadora (Matador) está vendendo para divulgar o terceiro álbum. Pode bem ser, de acordo com essa “Queen”.

Sobre a música em particular, diz-se que ela tem a ver com um certo “pânico gay” que ele percebe quando as pessoas ficam incomodadas com sua presença. Entenda como “pânico gay”, dele com as pessoas, e “pânico de gay”, das pessoas com ele.

Prepare-se para ser devastado, com essa “Queen”. Coisa de Genius.

>>