Em twice as tall:

Agora bombadão, Burna Boy aponta o dedo ryco em novo single, para quem acha que ele não tem quilometragem

>>

burna

* Neste ano, o rapper nigeriano Burna Boy viu seu som, já amplamente reconhecido, ganhar um selo da indústria mainstream: um Grammy na categoria de melhor álbum de World Music – um termo problemático, mas estamos falando do Grammy. Ele tinha sido indicado em 2019 e não levou, mas com “Twice as Tall”, seu quinto disco, do ano passado, rolou essa vitória, digamos assim. Uma vitória construída com o disco bombando na “Billboard” e sendo reconhecido em diversas listas de melhores álbuns do ano na gringa, como o austero jornalão “The New York Times” e as especializadas indies “NME” e “Pitchfork”, para citar algumas.

“Kilometre”, seu novo single, lançado hoje com vídeo, é o primeiro após esse auê todo e chega esbanjando riqueza em carros, golfe, motos, aviões, mas avisa: “Tem gente que acha que cheguei agora”. E manda essa turma, citada, ir passear. Mas com muita classe, lógico. Porque ele tem quilômetros já.

>>

Burna Boy se agiganta para cantar “Way Too Big” em programa da TV americana

>>

Captura de Tela 2021-01-06 às 2.36.23 PM

* Primeira aparição musical em tradicional programa de entrevistas dos EUA em 2021, talvez o único disponível, o rapper nigeriano Burna Boy, outro adepto ao rap com guitarra, transformando a coisa em outra coisa se é que você me entende, mandou sua participação distanciada ao figura Seth Meyers, comandante do “Late Night”.

Burna Boy, que também é dançarino, interpretou meio paradinho a sacolejante música “Way Too Big”, faixa de “Twice as Tall”, seu quinto álbum, lançado na meiuca do agosto louco do ano passado.

Com aparente obsessão por tamanhos, “Big” e “Tall”, pelo vídeo da para sacar isso, Burna Boy botou esse seu mais recente disco em algumas das listas boas de melhores de 2020. Ajudou o álbum ter um monte de convidados chamativos, como Youssou N’Dour, Naughty by Nature, Sauti Sol, Chris Martin e Stormzy. Burna Boy é bem relacionado.

>>