Em “Vem com Noix”:

CENA – Nu Azeite refaz a trajetória da disco music brasileira para pista, de modo orgânico. Veja o vídeo de “Vem com Noix”

1 - cenatopo19

Captura de Tela 2020-11-24 às 6.23.06 PM

* Para começar a entender a “complexidade” deste post, é assim: a Popload lança com exclusividade em seu canal de Youtube a música nova do duo carioca Nu Azeite, nome-gíria que bota o tecladista Fábio Santana (à esq. na foto acima) e o DJ Bernardo Campos no mapa da CENA com um gênero sui generes para o indie nacional, mas super dentro de um dos estilos da galera das festas eletrônicas: a disco music de sotaque brasileiro.

E aqui você pode enxergar (escutar) o som deles de duas maneiras: como uma revisitação de heróis do disco funk nacional na linha Marcos Valle, Lincoln Olivetti e até Tim Maia. Ou como escavar um passado rico da música brasileira que nunca saiu do underground e colocar um olhar atual para estabelecer uma certa nova disco no Brasil. Garimpeiros da história como Augusto Olivani, da Selvagem, está aí para não me deixar mentir.

O vídeo de “Vem com Noix”, que estreia por aqui, fez esse novo single do Nu Azeite entrar direto no top 10 do Top 50 da Popload, publicado hoje. Tudo conectado.

O duo acaba de entrar para o selo Cocada Music, braço latino-americano do selo alemão Get Physical, dois nomes que a galera das pistas reconhecem como atestado de qualidade desde os anos 2000.

Tanto a nova “Vem com Noix” quanto o single anterior, “Me Deixa Louca”, traz um bom equilíbrio de som orgânico com som eletrônico, algo importante para fazer a música deles funcionar ou em pista, ou em cima do palco. E esse balanço é refletido nas expertises de seus integrantes. Santanna já tocou teclado para artistas como Elza Soares e João Bosco, enquanto Campos é residente da famosa Festa Rara, que sacode o Rio de Janeiro quando o mundo deixa e tem conexões para trazer importantes festeiros de outros mundos como Laurent Garnier, Derrick May, Carl Craig, entre outros.

“A história com o Cocada/Get Physical foi muito positiva porque tem tudo a ver com o projeto, já que o selo procura essa mistura de música eletrônica com música brasileira/latina. O mais legal foi saber que o pessoal da Get Physical ficou viciado nas faixas, volta e meia a gente recebe um áudio vindo da Alemanha deles tentando cantar as letras”, diz Bernardo Campos.

Os vocais do Nu Azeite, na maioria das músicas, é de Fabio. O álbum cheio, que vai trazer o nome do duo, está pronto, mas antes de sair, no começo de 2021, ainda vamos conhecer um terceiro single, “Chicago”.

Confira a música e o vídeo exclusivo de “Vem com Noix”, do Nu Azeite.

>>