Em walverdes:

CENA – Ah, os anos 90. Wry lança CD de covers de bandas indies brasileiras da época

>>

cena

* Nos extertores de 2016, o grupo indie sorocabano Wry saca um lançamento especialíssimo. O álbum “National Indie Hits” em homenagem a bandas alternativas brasileiras anos 90, ou “a época em que o indie brazuca começou”, como Pin Ups, Pelvs, Killing Chainsaw, MQN, Walverdes, brincando de deus, entre outras.

Num total de 13 covers e num lançamento bem “anos 90”, ou seja apenas em CD físico, o disco é produzido pelo próprio Wry e editado de forma independente, pelo selo da banda. Foi gravado quando os integrantes do Wry moravam em Londres, entre 2005 e 2009, nos “momentos de folga”.

“National Indie Hits”, com hits dos anos 90 de bandas brasileiras da época e gravado exatamente por uma banda formada nesta época, vem à luz no momento em que os Pin Ups, um dos pilares do indie nacional, arma uma volta à ativa e disco novo. E um selo famoso do período, o Midsummer Madness, relança muitas bandas dos anos 90 de modo digital, seis delas presentes nesse disco-tributo do Wry.

Para comprar este “National Indie Hits”, cuja embalagem você vê abaixo, é só mandar um email para o guitarrista da banda, Mario Bross, no mariowry@gmail.com. O álbum sai por R$ 15, mais correio.

via GIPHY

Abaixo, a Popload traz três faixas de “National Indie Hits”. O Wry homenageando a seu modo os importantes grupos anos 90 PELVs (Rio de Janeiro), MQN (Goiânia) e Killing Chainsaw (Piracicaba).

**

* Agora, todo o tracklist de “National Indie Hits”

IMG_8492

01. LOW DREAM – PRECIOUS LOVE
02. PIN UPS – GUTS
03. SNOOZE – I FEEL YOU
04. SONIC DISRUPTOR – ANGEL’S WHEEL
05. brincando de deus – CHRISTMAS FALLS ON A SUNDAY
06. PELVs – LOVELES
07. KILLING CHAINSAW – EVISCERATION
08. SPACE RAVE – KILL SUMMERTIME
09. VELLOCET – INSIDE MY MIND
10. ASTROMATO – CANÇÃO DO ADOLESCENTE
11. MQN – BURN BABY BURN
12. WALVERDES – NOVOS ADULTOS
13. BIGGS – NOT THE SAME

>>

A volta do explosivo e visceral Walverdes, em versão reggae maneiro e sussa

>>

Screen Shot 2016-01-08 at 10.41.14

* Dificilmente uma banda indie nacional fez ou faz mais “barulho bom” que o Walverdes, patrimônio da música alternativa gaúcha e brasileira desde que Kurt Cobain achou por bem se matar e deixar o rock correr para todos os lados. Pois não é que agora neste 2016 ensolarado ressurge das cinzas o Walverdes, tão mudado que, no anúncio de um novo disco, pelas minhas contas o sétimo da guerreira carreira, vem com a liberação de um single, chamado “Desconstrução”, cuja levada é um… dub malemolente. Música do verão. Reggae gaúcho.

Só falta o Gustavo Mini, incrível vocalista e guitarrista e fundador do Walverdes lá em 1994, na história um vigoroso trio, na real um quarteto mas na extensão um sexteto, aparecer agora de dreadlock.

Na verdade esta “Desconstrução” deliberada e liberada é só um teaser do novo álbum que está prontinho para sair, agora no final de janeiro ou começo de fevereiro, o sucessor de “Breakdance”, de 2010. A própria “Desconstrução”, o single-teaser, vai aparecer no disco em seu “formato Walverdes”. Ou seja, provavelmente uma barulheira dos diabos. Ou pelo menos mais pesada, ainda que o Walverdes promete uma “maneirada natural” em seu som.

Um vídeo cool da “Desconstrução Dub” está colocado no Facebook do Walverdes. No Soundcloud deles, tem em mp3, para baixar. Tanto um como o outro podem ser vistos aqui embaixo.

Acredite se quiser, mas esta abaixo é uma música nova do Walverdes.

>>