Em Warpaint:

Popnotas – Billie Eilish mulherão. Rage Against Pussy Riot. Warpaint no seriado. A nova boa do Twenty One Pilots

>>

– Nem todo mundo entende muito que o Rage Against The Machine odiava a máquina capitalista e não um outro tipo de máquina. Por isso, talvez se assustem quando seus antigos integrantes se manifestam politicamente. Tom Morello, provavelmente o antigo integrante da banda mais ativo, se uniu com as russas “revolucionárias” do Pussy Riot para uma música. “Weather Strike”, nas definições da Nadya Tolokonnikova, uma das ativistas da banda, é sobre imaginar um futuro onde o sistema de segurança não dependa mais da violência policial.

– As meninas do Warpaint andavam sumidas, né? Sem novidades desde 2016, se você não contar trilha sonora de podcast como novidade e um cover de Gang of Four para coletânea, elas voltaram com um single para uma série da HBO chamada “Made for Love”. “Lilys” é uma música feita antes da pandemia, ainda que finalizada à distância. Detalhe: a ideia da banda nem era soltar a música nem meio que ter feito ela. A canção nasceu de experimentos. Mas a HBO gostou, a gravadora curtiu. A gente aprovou também.

– Talvez o Twenty One Pilots nem seja muito para a gente aqui, embora as apresentações ao vivo do duo sejam bem divertidas. Mas o negócio é que Tyler Joseph e Josh Dun são queridos da galera e, sim, estamos curiosos por esse “Scaled and Icy”, o disco novo, o sexto dos jovens adultos de Ohio, que sai agora no fim de maio. Esse “desclaimer” todo serve também para falar que gostamos de “Choker”, segundo single do vindouro álbum novo. No mesmo dia em que eles lançam o disco, 21 (twenty-one) de maio, eles promovem a primeira live da banda na pandemia. Os ingressos, 20 doletas, podem ser comprados aqui.

– O fim de semana trouxe uma Billie Eilish “diferente”, polêmica diríamos. A gente já viu pelo último single-vídeo-fotos que a menina tímida que explodiu mundialmente fazendo seu primeiro disco trancada em seu quarto mudou, agora a caminho do segundo disco, que sai dia 30 de julho. O álbum novo já entrega na foto da capa e em seu nome, “Happier than Ever”, que a fase é outra, mais feliz, de enfrentamento, querendo dizer que Billie se diz pronta a encarar seus fantasmas, que não são ou eram poucos. Principalmente o da vergonha de seu corpo. Depois que o mais recente single-vídeo, “Your Power”, surgiu para mostrar uma poderosa Billie Eilish loira californiana sozinha à beira de um penhasco sem medo de uma cobra gigante, a internet caiu neste final de semana quando chegaram às redes algumas imagens dela feitas para um ensaio de capa da próxima edição da “Vogue” britânica de junho, que é lançada agora em maio. Billie mulherão, olhando para a frente, botando o fim na imagem da menininha (ela “já” tem 19 anos, né?) caseira cuja melhor amiga era uma aranha de estimação. “Eu não estou me deixando mais ser uma propriedade”, disse Eilish na entrevista que acompanham “as fotonas”. “Mostrar o seu corpo e sua pele, ou escolher não fazer nada disso, não deveria tirar nenhum respeito de você.”

billie2

billie3

billie4

>>

Gang of Four revela (!) cover linda das Warpaint. Disco-tributo da bandaça inglesa sai em maio

>>

* Em maio agora, mais precisamente no dia 14, chega aos streamings e em vinil duplo a compilação comemorativa “The Problem of Leisure: A Celebration of Andy Gill and Gang of Four”, parte ainda do tributo aos 40 anos do famoso disco “Entertainment!”, album de estreia de uma das fundamentais bandas do rock/punk inglês, lançado no final de 1979. Essa compilação era para ter saído no ano passado, mas veio a pandemia, o grande Andy Gill morreu (dizem que dela mesmo) e o projeto deu uma esfriada, na época.

Dentre os artistas conhecidos para montar esse trabalho estão Tom Morello e Serj Tankian (System of a Down), Flea e Frusciante (Chili Peppers), Idles e Warpaint, entre vários outros. Até o guitarrista brasileiro Dado Villa-Lobos, ex-Legião Urbana, está nessa.

Neste final de semana foi revelada, no Soundcloud da banda, outra música do celebratório “The Problem of Leisure”, desta vez do grupo de meninas californianas Warpaint. Já havia rolado no comecinho do ano a divulgação de “Natural’s Not in It (USA)”, na versão de Tom Morello & Serj Tankian.

A escolha para as Warpaint foi de elas tocarem uma cover para a incrível “Paralysed”, até bem parecida com a original, ainda que numa versão… hum… de pegada feminina.

“Andy adorava o jeito que as Warpaint criavam não apenas canções, mas atmosferas, de um jeito muito espontâneo e dançante”, disse a víuva de Gill, Catherine Mayer.

>>

Mais um do Balaclava Fest. O gigante Deerhunter também vai tocar na Barra Funda

>>

020818_Bradford-Cox-640x426

Falamos mais cedo aqui que as meninas do Warpaint puxam a fila de shows do Balaclava Fest, 4 de novembro na Audio Club, em São Paulo. E agora a Popload desenrola mais uma linha desse bolo de atrações.

Quem também tocará na casa de shows da Barra Funda é o indie do indie Deerhunter, banda/projeto que tem a cara do gigantão excêntrico Bradford Cox, que tem quase 2 metros de altura graças à síndrome de Marfan, doença que faz dele um cara muito alto e muito magro, com um buraco no peito. E que o fez ser operado várias vezes durante a infância.

Talentoso e ousado, Cox traz sua trupe ao país em uma temporada em que promete o lançamento de um novo disco, que não tem data oficial para lançamento ainda, mas que já tem título: “Why Hasn’t Everything Already Disappeared?”.

Em junho passado, a banda tocou em um festival holandês cinco faixas inéditas, que provavelmente estarão no álbum. Comentamos sobre isso aqui.

Os ingressos para o Balaclava Fest já estão à venda no site da Ticket360.

>>

É show que não acaba mais: Warpaint puxa fila de atrações do Balaclava Fest, em novembro

>>

020818_warpaint2

Pode parecer brincadeira, mas não é. O segundo semestre de shows imperdíveis no Brasil acaba de ganhar mais um nome/evento. As meninas do Warpaint vão estrelar o cool Balaclava Fest, no início de novembro. A informação é do jornalista José Norberto Flesch, do Destak.

O festival acontecerá dia 4/11 na Audio Club, casa de shows na Barra Funda, e já tem pré-venda de ingressos rolando a R$ 120 no site Ticket360.

O Warpaint vem ao país tipo um ano após uma participação no evento The Art of Heineken, em São Paulo, ano passado. Antes, elas tocaram por aqui em 2011, em SP e no Rio. O último disco das meninas é “Heads Up”, lançado em 2016.

Abaixo, registro da recente passagem delas pelo Primavera Sound, em Barcelona.

https://www.youtube.com/watch?v=NUqg-BjvS88

DjnX9jkW0AAhvqi

>>

Theresa Wayman, do Warpaint, anuncia projeto solo que tem a ajuda de suas amigas. Ouça o single “Love Leaks”

>>

080318_theresa2

Uma das meninas do Warpaint, Theresa Wayman resolveu voar solo e anunciou para 18 de maio o lançamento de “LoveLaws”, seu disco de estreia pelo seu projeto que atende pelo nome de TT.

O álbum terá 10 faixas e será lançado pelo próprio selo de Wayman, chamado LoveLeaks. O projeto também teve a produção de Theresa, que foi auxiliada por suas companheiras de Warpaint, Jenny Lee Lindberg e Stella Mozgawa, e ainda seu irmão Ivan Wayman, Dan Carey (que já trabalhou com a Bat For Lashes) e Money Mark (que tem no currículo projetos com os Beastie Boys).

“LoveLaws” foi gravado enquanto o Warpaint estava na estrada e também em Londres. As sessions complementares aconteceram em Los Angeles em seu estúdio particular e no estúdio do Warpaint.

Ouça, abaixo, o primeiro single “Love Leaks”.

>>