Em weezer:

Do Weezer ao Júnior Groovador, Nirvana une tribos e rouba a cena no primeiro final de semana do Rock in Rio

>>

Entre as diversas generalidades que ocuparam o Rock in Rio neste primeiro final de semana, chamou a atenção um depoimento de Dave Grohl no sábado, ao relembrar o Nirvana.

Na parte final do show do Foo Fighters, Dave ofereceu a antiga canção “Big Me”, presente no disco de estreia do FF, ao Weezer. Tudo porque, horas antes, Rivers Cuomo e Cia. tocaram “Lithium”, do Nirvana, que Grohl disse ter assistido do backstage e… chorado.

Ex-baterista do grupo, Dave relembrou a primeira vez que veio ao Brasil, justamente com o Nirvana, para o Hollywood Rock. “Foi a primeira vez que tocamos para mais de 100 mil pessoas”, disse, fazendo referência ao show de São Paulo, que arrastou 110 mil pessoas ao Morumbi para ver a maior banda do mundo naquele momento, certamente em um de seus shows mais caóticos na carreira.

“Eu estava no backstage e ouvi o Weezer tocando Lithium. E eu tenho que ser honesto: eu chorei um pouquinho. Foi tão bom! Eu tenho saudade de tocar essa música”, confessou Grohl.

300919_davegroovador

Em outra passagem, essa de alegria, o Fantástico flagrou Dave dando um abraço efusivo em Júnior Groovador, baixista potiguar que viralizou na web ao botar uma pitada de forró em “Smells Like Teen Spirit”, que rendeu uma versão ao vivo, no palco do Rock in Rio, com o Tenacious D, banda do ator Jack Black. Dave disse que Groovador “é o cara” e que correu para ver a apresentação.

O Nirvana vive.

>>

Weezer anuncia novo disco com muitas guitarras para 2020 e solta o single “The End of the Game”

>>

110919_weezer2

Com uma turnê marcada ao lado do Green Day e do Fall Out Boy em 2020, a turma do Weezer resolveu, também, lançar um novo disco no ano que vem, praticamente na mesma época.

No mês de maio estará nas lojas “Van Weezer”, projeto que captura a vibe dos shows do grupo, segundo o Rivers Cuomo. Produzido por Suzy Shinn, o disco terá 10 faixas e é inspirado na via de rock mais pesado da banda, diz comunicado, citando referências como Black Sabbath, Metallica, KISS e Van Halen.

Vale lembrar que o Weezer vem ao Brasil no final deste mês para duas apresentações, dia 26 no Ginásio do Ibirapuera, em SP, e dia 28 no Rock in Rio, na noite do Foo Fighters.

O primeiro single, “The End of the Game”, foi apresentado em vídeo e pode ser conferido abaixo.

** Na noite de ontem, o grupo norte-americano fez a estreia da música ao vivo no programa do Kimmel.

>>

Everbody Wants To Rule The World: os anos 80 e os 90 se chocam na improvável dobradinha do Weezer com o Tears for Fears

>>

160419_weezer_tears_slider

No último final de semana, o Weezer, uma das atrações do Rock in Rio, fez uma das mais aclamadas apresentações no festival Coachella, no deserto da Califórnia. O ponto alto do show foi a visita do duo Tears for Fears para uma reedição da clássica “Everybody Wants To Rule The World”.

Vale lembrar que o Weezer, mesmo com disco novo na praça, está na vibe de covers graças ao lançamento também recente de “The Teal Album”, projeto só de releituras de canções antigas.

Além da parceria no Coachella, o Weezer levou a dupla britânica para o palco do Jimmy Kimmel onde eles repetiram a dobradinha da faixa lançada em 1985 e que resiste ao tempo como uma das principais lançadas naquela década.

O resultado pode ser visto abaixo.

>>

Agora vai: Weezer lança seu aguardado “The Black Album”, disco produzido por Dave Sitek

>>

weezer_blackalbum

Atração confirmada e até certo ponto surpreendente do Rock in Rio deste ano, o Weezer lança nesta sexta-feira seu aguardado e alardeado “The Black Album”, disco que eles vinham falando a respeito há uns bons meses.

O novo projeto tem 10 faixas inéditas e produção a cargo do competente Dave Sitek, um dos integrantes do lindo TV on the Radio. O lançamento do disco sofreu alguns atrasos porque o Weezer não esperava todo o boom criado pela versão de “Africa”, do Toto, que estourou mundialmente ano passado, e que desencadeou até no lançamento de um álbum de covers, “The Teal Album”, lançado neste ano.

O último disco de originais do Weezer é “Pacific Daydream”, que saiu em 2017. Este novo foi todo criado por Rivers Cuomo em casa, ao piano. O material foi enviado para Sitek que trabalhou cada uma das faixas com o restante do grupo.

Ouça, abaixo, “The Black Album”.

>>

Confirmado no Rock in Rio, Weezer solta par de canções que estarão no novo disco que sai semana que vem

>>

271017_weezer2

Confirmado como atração do Rock in Rio, em notícia antecipada pela Popload, o Weezer soltou um par de canções inéditas que estarão em seu novo disco, o aguardado “The Black Album”, que será lançado sexta da semana que vem.

As faixas são “High as a Kite”, que ganhou até um vídeo dirigido por Nathan Presley, e “Living in L.A.”. As duas são boas, cabe dizer.

“The Black Album” é um projeto que Rivers Cuomo e seus parceiros estão preparando desde 2017. O disco chega no calor do lançamento de “The Teal Album”, o registro de covers que o Weezer fez para nomes como Michael Jackson, A-ha e Black Sabbath.

O grupo norte-americano vai tocar no Rock in Rio dia 28 de setembro, noite que terá o Foo Fighters como atração principal.

>>