Em white stripes:

White Stripes lança vídeo oficial para a grande “Apple Blossom”. Coletânea de hits vem aí

>>

Captura de Tela 2020-11-13 às 11.26.59 AM

* No próximo dia 4 de setembro, tipo dentro de 20 dias, será lançada a primeira coletânea jamais lançada da fundamental banda americana The White Stripes, na real um revolucionário duo formado por Meg e Jack White, nesta ordem, nome fundamental no novo rock, no futebol (já cansamos de contar essa história aqui), no estilo, na composição de banda, nas cores, para a Amazônia, enfim… Muita coisa. Atuaram de 1997-2011, lançaram seis álbuns oficiais e carregam um caminhão de hits indies em sua linda trajetória, com alcance uns maiores que os outros.

“The White Stripes – Greatest Hits”, cujo tracklist você vê abaixo, traz 26 músicas bem escolhidas em sua versão básica, já que o disco terá alguns formatos diferentes.

Uma dessas faixas é a maravilhosa “Apple Blossom”, que nunca foi nem single. Até hoje. Nem tinha ganhado vídeo oficial. Até hoje.

“Apple Blossom” é White Stripes em sua essência, na levada às vezes dramática, às vezes pop, blues-punk na essência, econômica na guitarra-bateria onde não há necessidade de mais nenhum elemento. O vídeo de hoje, para “Apple Blossom” é uma animação romântica e colorida bem à White Stripes. Confira abaixo também.

A música é do segundo disco da dupla, “The Stijl”, lançado em 2000, portanto 20 anos este ano. Já foi colocada em trilha de filme do Quentin Tarantino, “Os Oito Odiados”, porque essa música é mesmo a cara de filme de Tarantino.

Dias atrás, o Jack White mostrou em vídeo, também como parte da promoção do “Greatest Hits”, uma performance de 2003 em Tóquio do White Stripes para a fantástica “Ball and Biscuit”, que a gente também deu por aqui.

Não tenho roupa vermelha e branca para um disco deste, um single deste, um vídeo deste.

***

* O tracklist de “The White Stripes – Greatest Hits”

Captura de Tela 2020-11-13 às 12.06.12 PM
>>

Jack White faz homenagem a Eddie Van Halen, toca White Stripes, Beyoncé e gospel pandêmico no “Saturday Night Live”

>>

Captura de Tela 2020-10-11 às 11.55.07 PM

* O convidado musical do famoso programa “Saturday Night Live”, sketches de comédia e música que agita os sábados à noite nova-iorquinos desde os anos 70, seria o cantor country Morgan Wallen, se este não fosse desconvidado porque apareceram fotos dele nas redes sociais sem máscara numa festa clandestina.

Daí, de última hora, chamaram mister Jack White. Ele foi e tocou “Ball and Biscuit”, o hit indie que vai estar na coletânea do White Stripes, que sai em novembro. Tocou tudo junto “Don’t Hurt Yourself”, que é uma collab dele do disco “Lemonade” da Beyoncé, misturada a “Jesus Is Coming Soon”, um hino gospel famoso feito no meio da pandemia da Gripe Espanhola, em 1918.

No segundo número, num ambiente azul, Jack empunhou sua guitarra azul e mandou “Lazaretto”. A guitarra foi desenhada pelo já lendário guitarrista Eddie Van Halen, lamentavelmente morto no começo da semana. “Eu não vou insultar o talento do homem tentando tocar uma de suas canções nesta noite”, disse Jack White em seu instagram antes da apresentação no “SNL”. “Muito obrigado por esta guitarra, Eddie, e descance em paz”, finalizou o post.

>>

Sdd, Meg! Vem aí a primeira coletânea oficial do fenomenal The White Stripes, com b-sides

>>

Captura de Tela 2020-10-06 às 12.16.15 PM

* Dá até um calorzinho no coração, hahaha. Não resisti, dsclp. Mas é que o guitarrista e empresário e multibandas Jack White anunciou hoje nas redes sociais que sai em dezembro o primeiro “Greatest Hits” oficial da bela história do White Stripes, sua maior e mais fantástica banda.

O extinto duo, formado por Jack e sua “sister” Meg White, vai ganhar sua coletânea em CD, vinil duplo e digital, num lançamento do selo do músico, a Third Man Records, e da mega Columbia Records. Uma versão deluxe limitada vai ter edição exclusiva da Third Man. Tudo sai no dia 4/12.

“The White Stripes – Greatest Hits” vai ter 26 músicas em sua versão básica. E b-sides com raridades e versões ao vivo no vinil e deluxe. Nessas, para comemorar o anúncio da coletânea, desencavaram um inédito vídeo de “Ball and Biscuit” tirada de um show do White Stripes no Shibuya-AX, em Tóquio, Japão, no dia 22 de outubro de 2003. A música vai estar na coletânea.

“Ball and Biscuit”, assombrosa de boa, é uma das músicas que mais definem o estilo garagem indie-country do White Stripes e de onde Jack tirou o nome de seu empreendimento que é selo, loja, estúdio etc., o Third Man.

O vídeo, no canal oficial do White Stripes no Youtube, traz a info de que foi filmado em filmadoras camcorders portátil básica, na mão, naquela que foi àquela altura a terceira visita de Jack & Meg no Japão e a segunda das seis turnês pelo país. Essa, em especial, aconteceu poucos meses depois de o duo lançar seu quarto disco, o absurdo “Elephant”.

>>

A primeira vez do White Stripes na TV. Em 2000

>>

Captura de Tela 2020-06-26 às 2.05.03 PM

* Tem uma conjuntura linda de resgate do White Stripes nas últimas semanas e obviamente embarcamos fácil nela. Falamos aqui recentemente sobre a comemoração dos 20 anos do segundo disco do The White Stripes, o clássico “De Stijl”. A gravadora Third Man Records, fundada por Jack White, está lançando uma edição especial do álbum com raridades, além de postar conteúdo antigo, porém inédito, no YouTube. Nesta semana, surgiu a primeira aparição da banda na TV gravada em maio de 2000. Jack e Meg praticamente uns bebês.

Em um programa da TV local de Detroit (cidade natal da banda), Jack e Meg apresentaram as músicas “Apple Blossom” e “Death Letter” – esta última só foi ao ar parcialmente. O que chama atenção no vídeo é o som cru, ainda do início da carreira da banda, antes de refinarem seu estilo. Também é interessante o visual do programa e a qualidade do vídeo – tem “só” 20 anos de idade, mas parece algo tirado dos anos 80. Vale o registro histórico, sem dúvidas.

>>

White Stripes celebra 20 anos do segundo álbum, “De Stijl”, que é o primeiro (em nossos corações)

>>

* O maravilhoso “De Stijl”, segundo álbum da saudoooosa e fundamental dupla The White Stripes, completa 20 anos no final de semana e vai ganhar um tributo de aniversário em forma de disco+DVD especial, com gravações raras e imagens de dois shows da tour de lançamento. A produção será da Third Man Records, a gravadora-loja de propriedade de Jack White, o guitarrista do duo.

Captura de Tela 2020-06-18 a(s) 07.25.30

O álbum pode ser o segundo de Jack & Meg White, mas foi o primeiro a dar popularidade à banda e preparar o terreno para a chegada dos Strokes e da revolução do novo rock da época, que botou as guitarras nas pistas de dança.

A primeira faixa de “De Stijl”, a música “You’re Pretty Good Looking (For a Girl)”, foi a primeira do grupo de Detroit a realmente tocar muito nas rádios americanas e inglesas, junto com “Last Nite”, a do disquinho de três faixas dos Strokes, o “The Modern Age EP”.

Dentre as raridades que vão estar no disco especial vai ter uma versão demo de “I Just Don’t Know What to Do with Myself”, do Burt Bacharat, que viria a aparecer aaaaanos depois, no álbum “Elephant”. Sobre os shows do DVD, da época do “De Stijl”, um deles aconteceu em Detroit no Ano Novo. E o White Stripes tocou cover de AC/DC e Velvet Underground.

O outro concerto que vai para o DVD é de dias antes de o disco ser lançado, 15/6/2000, em Missoula, no estado de Montana, de onde saiu este vídeo da incrível “Death Letter”, dos stripes novinhos.

>>