The Strokes abala Nova York e toca até Clash em show no Governors Ball

>>

popload_governorsball2016

Foto: GETTY

Foto: GETTY

Lá se vão três anos desde “Comedown Machine”, o último disco de estúdio cheio dos Strokes. Neste meio tempo, shows esporádicos, um certo desinteresse e uma espécie de mistério acerca do futuro da banda. Daí, corta para 2016. Ontem, a banda norte-americana lançou um novo EP, “Future Present Past”, com três canções inéditas. Também ontem, fez um show incrível no Governors Ball, festivalzão que para a cidade que nunca dorme neste fim de semana.

Eles, que sempre foram um tanto “preguiçosos” em mudar setlists de um show para o outro, até que contrariaram a regra nesta semana. Depois de um show warm-up no Capitol Theatre, que teve a estreia das três canções do EP novo, os garotos de NYC brindaram sua cidade natal com duas novidades na apresentação de ontem.

Primeiro, com “Red Light”, canção do álbum “First Impressions Of Earth”, que não era tocada ao vivo há seis anos. Em seguida, “Clampdown”, som clássico do incrível The Clash, que os Strokes faziam em seus shows no início da carreira. A última vez que o som da banda inglesa foi cantada por Julian com os Strokes foi em 2004.

O público, claro, foi ao delírio com as 20 músicas tocadas pelo grupo nesta sexta. Agora, só Deus sabe o que o futuro reserva para os Strokes.


>>