Uma noite com Adele. Cantora vai à TV inglesa programa responder perguntas sobre sua vida. Tipo seu mais novo disco, “30”

>>

* Agora que não tem mais para onde correr, vamos relaxar e aproveitar esse bom bom disco novo da poderosa Adele, “30”, o quarto álbum, que saiu sexta passada para suceder o “25”, “21” e sua estreia de 2018, o “19”, todos meio que diários sonoros que acompanham sua idade de compositora (ela tem 33 hoje).

Uma das artistas que mais mete o dedo na própria ferida e constroi discos sobre isso, Adele fez este “30”, seu primeiro lançamento em seis anos, para expurgar coisas como o doloroso fim de seu casamento (e passar a lidar sozinha com sua experiência de mãe de primeira viagem, com o filho que agora tem 8 anos) e o peso de ser famosa apesar das benesses de já ter vendido 120 milhões de discos, que lhe rendeu críses de pânico e ansiedade constantes, durante um bom período.

Adele é bem inglesa, nascida em Londres, então apesar de suas desgraceiras pop ela é extremamente bem-humorada do jeito inglês de ser, fazendo sarcasmo de si mesma, essas coisas. É famoso ela ser comediante de sua própria vida.

Dito tuuuuuuudo isso, tem que Adele, que hoje mora em Los Angeles, na Califórnia, deu um pulo em Londres neste final de semana para participar do famoooooooso programa “An Audience with…”, da rede britânica ITV, que existe há aaaaanos sendo uma espécie de “Esta É Sua Vida…” menos fuleiro, com música ao vivo (quando a estrela da noite vem da música) e, claro, cheio de choros e risos, e não necessariamente apresentado pelo Faustão.

“An Audience with Adele” rolou ontem ao vivo, noite de domingo, com um monte de convidados famosos na plateia, tipo Dua Lipa, os atores Emma Thompson, Emma Watson e Samuel L. Jackson e o conhecidíssimo comediante Alan Carr, que vem a ser o melhor amigo de Adele. Rolaram perguntas, muitas lembranças, a famosa professorinha desencavada do anonimato, a amiguinha de colégio que ela não via há décadas etc.

Abaixo, e para além do “An Audience with Adele” de ontem, que ainda não liberou os vídeos de sua performance ao vivo na TV, tem um bom trecho do programa, envolvendo Emma Thompson, Alan Carr e sua professora resgatada, um vídeo “intimate” dela cantando a rasga-alma “To Be Loved”, o vídeo com a letra do já hit “Easy on Me” e a profunda entrevista de quase uma hora que ela deu para o grande Zane Lowe, da Apple Music, “parceiro” de Adele desde seus tempos de Radio One, da BBC inglesa.

>>