Willow vai pesado ao rock pesado em “lately i feel EVERYTHING”, álbum novo lançado hoje

>>

* Ela começou aos 9 anos, batendo cabelo para a frente e para trás num vídeo que hoje tem mais de 5 milhões de visualização no Youtube. E hoje, a filha do atorzaço e músico hip pop Will Smith com a atriz, apresentadora e ex-vocalista de banda de heavy metal Jade Pinkett Smith, chega aos 20 anos a seu quarto disco, atirando em várias tendências, uma construção de seu tempo e de suas influências.

Willow lança nesta sexta-feira o disco “Lately I Feel Everything”, ou como ela quer nas maiúsculas e minúsculas, “lately i feel EVERYTHING”, um disco que a bota definitivamente no caminho do punk pop tão caro às meninas de hoje, algo até indie rock mesmo e em alguns momentos dentro do revival emo, inclusive.

A gente explica. O álbum traz participações de Avril Lavigne e do baterista do Blink-182, o Travis Barker, e até a banda grunge-de-hoje californiana Cherry Glazerr e a roqueirinha de Youtube Ayla Tesler-Mabe, guitarrista, para “dialogar” com seu, digamos, “novo estilo”. A ótima rapper e cantora Tierra Whack também está no disco, sem contudo parecer deslocada.

Os singles “Transparent Soul” e “Lipstick” davam a pista dos caminhos punk-pop de Willow. Mas quem ouvir o disco todo vai ficar meio passado onde ela foi botar sua voz. E como foi botar. A menina tem presença.

O disco novo está aqui. Escolha onde ouvir. Abaixo, tem um filme de mais de 40 minutos com ela conversando e tocando as músicas do álbum para uma exibição no Facebook Watch, que rolou hoje de manhã nos EUA.

>>