WTF! POPLOAD – Molecada inglesa revive Madchester anos 90. E parece que está pegando fogo. Conheça Affecks Palace e Pastel

>>

*****
Estreia de seção nova por aqui. Esta “What the Fuck! Popload” é o nome ousadinho para chamar sua atenção quando esbarrarmos por alguma nova banda ou nova tendência que chamar a nossa atenção a ponto de querermos transformar em post. Como este papo aqui de baixo.
*****

Afflecks-Palace-

* Spike Island é um enorme parque à beira do Rio Tâmisa lá em cima, no norte da Inglaterra, colada a Liverpool, não muito longe de Manchester. A localização geográfica é importante. Lá, em maio de 1990, um show da banda Stone Roses, de Manchester, na época áurea dela e do movimento Madchester, levou 30 mil pessoas ao parque e marcou um período histórico para a região, considerado o “Verão do Amor”, por conta do som da época, da proliferação entre os jovens da droga Ecstasy, da moda das calças baggy e camisetas largas que marcou o período. E plantou a semente do britpop, Oasis e tudo o que viria poucos anos depois.

Dito isso, é legal dizer como essas movimentações pop britânicas deixam marcas e ficam no imaginário da galera ligado a música por gerações. Existe uma pequena gravadora em Manchester, na verdade uma extensão de uma marca de roupas, que se chama Spirit of Spike Island. Não precisamos gastar muito tempo tentando imaginar de onde vem esse nome e o que ele representa. Mas é bom estar esperto no que isso implica na galerinha de hoje.

A Spirit of Spike Island está ganhando um certo agito na cidade e começa a chamar atenção da forte cena indie do Reino Unido como um todo com os lançamentos recentes de duas bandas ainda tão minúsculas quanto o próprio selo: Afflecks Palace (foto acima) e Pastel (imagem abaixo).

pastel-

O Pastel lançou sexta passada o single “Blu”, e já começa a aparecer em sites de música e em programas-antenas de emissoras como a Radio X, um dos símbolos da nova música britânica ao mesmo tempo que não deixa morrer em sua programação heranças sonoras como da época do Stone Roses e Oasis e as que vieram depois.

O Pastel prepara com barulhinho bom o lançamento de seu primeiro EP, a ser lançado em setembro e que incluirá essa “Blu”.

Já o Afflecks Palace lançou em maio o single “This City Is Burning Alive”, nome que pode indicar alguma pretensão, mas é o que é. A música é o carro-chefe do álbum de estreia deles, o vindouro “What Do You Mean It’s Not Raining”. “This City Is Burning Alive” andou sendo tocada na BBC 6 Music e na Radio One. E ganhou elogios do DJ Steve Lamacq, padrinho da nova música britânica.

As duas bandas vão excursionar por pequenos clubes da Inglaterra e até na Escócia em setembro. Várias datas já estão sold-outs. Londres está guardada para um novo anúncio de shows dessa molecada, quando os discos forem lançados e mais calças baggies forem compradas.

É cedo para afirmar para onde vão os sons de Pastel e Afflecks Palace, mas a pista está dada até nas referências que eles gostam de falar. A primeira é o Stone Roses e a segunda, o Happy Mondays da nova era. Ou a mistura disso tudo, adicionando a fase demo do jovem Oasis, de 1992/1993. Madchester tudo de novo. Até nas roupas, no chapeuzinho malandro, nas fotos.

Ok, você já viu esse filme. Mas tudo bem vê-lo de novo.

>>