A avalanche sonora do Mogwai no Popload Gig: fotos, vídeos, entrevista

>>

Captura de Tela 2018-05-09 às 8.47.10 PM

* Daquelas bandas que não fazem exatamente um “show”, mas sim provocam uma experiência sonora, a banda escocesa Mogwai se apresentou quarta-feira em São Paulo, no Tropical Butantã “vestido de verde” (thanks, Heineken), dentro do segundo de alguns vários Popload Gig deste 2018 de meu Deus.

Mogwai não é brincadeira. Não é um “passatempo musical”. É devoção. Em meia hora conversando com o público, vi gente que veio de Natal, Fortaleza, Rio Grande do Sul, Brasília, grupo de Curitiba que vieram a SP especialmente para o concerto dos britânicos.

Sem querer advogar em causa própria e até mais ou menos desnecessário dizer para quem conhece o Mogwai, a apresentação dos escoceses foi absurdamente linda. Ou, como um amigo usou como expressão definidora e significativa, “de tirar a tampa da cabeça”. Para não ficar na auto-bajulação, a gente bota abaixo trechos de uma entrevista concedida à Popload pelo guitarrista e vocalista do Mogwai, Stuart Braithwaite, minutos antes do show em SP, mais fotos e vídeos da noite. Tudo junto e misturado.

Popload: Um detalhe que é bastante interessante no trabalho de vocês é o quanto vocês são prolíficos. Vocês estão trabalhando o seu disco mais recente (Every Country’s Sun, lançado no ano passado), e já estão com um novo álbum prestes a ser lançado (a trilha sonora do filme KIN). Como vocês lidam com isso? Não é algo muito comum hoje em dia.
Stuart Braithwaite: Não sei, nós não pensamos muito sobre isso. Digo, quando alguém nos pede para participarmos de algum projeto, e esse projeto nos parece divertido ou interessante, nós topamos fazer. Acho que alguns anos atrás nós chegamos à conclusão que se você quiser realmente fazer algo, você sempre acha tempo para fazer. É legal quando isso acontece.

Captura de Tela 2018-05-09 às 8.53.27 PM

Captura de Tela 2018-05-09 às 8.52.15 PM

Popload: Do disco mais recente, “Party In The Dark” é uma música bem diferente do estilo de vocês, mais voltada para o indie rock.
Braithwaite: Sim. Não sei, eu gosto de bandas que soam pop às vezes, como Buzzcocks ou The Cure. Foram só músicas que fizemos e acabaram saindo dessa forma.

Captura de Tela 2018-05-09 às 8.54.17 PM

Popload: Vocês têm ideia do quanto são influentes aqui no Brasil? Existem diversas bandas sonoramente inspiradas no Mogwai.
Braithwaite: Não, eu não sabia. Isso é muito legal. Creio que todo músico gosta de ser influente de alguma forma, é muito bacana saber disso.

Captura de Tela 2018-05-09 às 8.57.37 PM

Popload: O que vocês andam ouvindo ultimamente? Que tipo de artistas os influenciam?
Braithwaite: Gostei muito do novo álbum do Grouper. E também do último trabalho do Kendrick Lamar. Growing, uma banda americana que acabou de lançar um novo álbum, é brilhante. Também coisas do nosso selo (Rock Action) como Kathryn Joseph e Aidan Moffat & RM Hubbert…

Popload: Como está indo o Rock Action?
Braithwaite: Estamos tendo um ano bastante ocupados, ms bastante contentes com o trabalho.

Popload: Vocês lançaram versões deluxe dos álbuns Mogwai Young Team (1995) e Come On Die Young (1998). Vocês têm planos de lançar versões especiais dos outros álbuns também?
Braithwaite: Sim, estamos trabalhando em uma versão deluxe do Rock Action. Temos bastante material inédito dessa época. Gosto muito da versão deluxe do Come On Die Young e acho que o Rock Action será ainda melhor. Temos várias músicas inéditas que ninguém nunca ouviu. Estamos ansiosos em organizar esse material.

Captura de Tela 2018-05-09 às 8.59.46 PM

***

** A entrevista foi feita pelos convidados Elson Barbosa e Lucas Lippaus, do selo produtor Sinewave, os maiores entendedores de Mogwai do Brasil.

***

IMG_9744

***

** As fotos deste post são do poploader Fabrício Vianna.

***

** O primeiro vídeo do Mogwai neste post é de produção de Rodolfo Yuzo.

***

Captura de Tela 2018-05-09 às 8.53.03 PM

Captura de Tela 2018-05-09 às 8.59.30 PM

***

>>