Ainda o Eagles of Death Metal. O show do Cine Joia e a apresentação toda do Lollapalooza

>>

IMG_2251

* Banda indie rock garagem blues desert punk que entrou para os livros de história e, por vias tortas e sangrentas, ganhou fama mundial, a californiana Eagles of Death Metal esteve tocando no Brasil na semana passada, mostrando que no meio de toda a bruma espetaculosa do terrorismo mundial é apenas isso o que a gente viu. Uma banda de indie rock garagem blues desert punk. Menos de death metal, bom dizer.

O chapa Jesse Hughes e companhia foi atração do enorme Lollapalooza de Interlagos, e ainda tocou em “seu habitat” na terça passada, em show solo no Cine Joia esgotadão. Esgotadão e vibrante. A galera comprou a vibe oferecida pelo EODM e ajudou a banda de Josh Homme (why not?) sem o Josh Homme fazer uma grande apresentação.

Grande apresentação essa que foi bem definida por um amigo em uma frase: “Como é bom ver um grande show de rock burrinho”. Entenda o dito nas melhores das intenções rock and roll. Porque tudo está na franse, sem tirar nem pôr.

Abaixo Jesse Hugues comandando a abertura do Eagles of Death Metal no Cine Joia, entrando em cena debaixo de hip hop. Na seguência, ele tocando Stones sozinho. Sozinho, não! Com a galera. Fica tranquilo que vou poupar você da versão xumbrega de “Save a Prayer”, hehe.

Por fim, o Eagles inteirinho no Lollapalooza paulistano, com o Guilherme do Multishow explicando a história toda.

* A foto da home da Popload foi tirada do Instagram da Naty Monteiro. A que abre o post é do meu, mesmo.
>>

  • Diego

    meu deus, quanto ódio pela versão da save a prayer……………………..

  • Fabrizio Zorzella Franco

    Exato… Lúcio de vez em quando manda umas bem zuadas… Tem gente que curte, tipo eu hahaha