Atenção, festivais e bandas. Glass Animals vai ao James Corden contar como vai fazer a “live diferente” em show a distância de outubro

>>

Captura de Tela 2020-09-24 às 1.37.53 PM

* Achei uma janela aberta aqui das 70 que eu abro no meu computador de uma parada que eu esqueci de pautar, mas que posto agora porque é muito boa. A participação do grupo inglês Glass Animals no programa do esperto James Corden, dia destes na TV americana.

Glass Animals é a banda do talentosíssimo Dave Bayley, um dos caras mais proativos da pandemia, ao abrir câmera em seu apartamento/estúdio em Londres para quebrar a monotonia do distanciamento social interagindo com fãs, produzir ele mesmo vídeos incríveis, fazer uma série de covers legais e ter lançado em agosto um bom álbum, o terceiro de seu projeto, chamado “Dreamland”.

Primeiro Corden abriu uma janela para conversar com Bayley sobre a experiência única que promete ser um live show em streaming que o Glass Animals vai fazer no dia 16 de outubro, chamado “Live in the Internet”, exatamente uma “experiência audiovisual”, um apanhado de tudo que ele fez neste 2020 pandêmico.

Captura de Tela 2020-09-24 às 1.17.34 PM

Glass Animals e a internet são conectados há muitos anos. E o que eles anunciam, com venda de ingressos a partir de amanhã e quatro transmissões diferente para atender convenientemente a todas regiões do mundo, é um misto de show (do “Dreamland” todo), performances virtuais, convidados especiais e interação com os fãs. Bem Glass Animals mesmo.

No Corden, o grupo de Bayley tocou “Tangerine”, single esperto do novo disco, em uma performance gravada no habitat deles, num cenário bolado por eles e truquinhos de edição com a cara de Bayley. Que banda!

Dá uma olhada.

>>