Belle and Sebastian comemora duas décadas (de fofura) a serviço do indie

>>

Screen Shot 2016-06-23 at 16.32.35

Tentei achar a primeira vez que o Belle and Sebastian foi citado na Popload, ainda em sua versão coluna-de-papel, lááá no final dos anos 90, comecinho dos anos 00. Não consegui achar essa menção específica, mas lembro que já ela já vinha com descrições do tipo “indie” e “fofo”, duas palavras que sempre andam juntas quando o assunto é o grupo escocês. Na época, tivemos a sorte de ver a banda por aqui ainda no começo de carreira, em 2001, em um TIM Festival com (apenas) Grandaddy e Sigur Rós… Difícil falar que foi “no auge” porque “auge” para os padrões indie também tem outro significado.

Foi também em 2001, que o Belle and Sebastian tocou pela primeira e única vez no pomposo Royal Albert Hall, em Londres. Esse sim, gigaaante perto do tamanho do grupo. E foi esse mesmo lugar o escolhido pelo líder/fundador/mentor/guru Stuart Murdoch para comemorar os vinte anos de carreira do B&S, nove discos e muitas coletâneas e singles depois. Nem parece, mas em 6 de junho de 1996 (!) Tigermilk era lançado em uma edição limitadíssima (e hoje disputadíssima no eBay) de 1000 cópias. Assim que terminou de gravar o álbum de estreia, Murdoch já tinha na manga quase todas as músicas prontas para um segundo, If You’re Feeling Sinister, lançado seis meses depois.

Os dois shows comemorativos têm os dois álbuns sendo tocados na íntegra, mais sucessos de todos os outros trabalhos da banda. Ontem os ingleses se emocionaram com Tigermilk. Hoje, com o “disco da capa vermelha”:

BS-anniversary-shows-compressed

Os ingressos se esgotaram no ano passado, logo que a banda anunciou os shows especiais. Também como parte da comemoração, eles lançam um box especial com os sete singles da época em que estavam com a indie Jeepster Records. A coleção, chamada de “The Jeepster Singles Collection”, vai de 1997, com “Dog on Wheels”, e termina em 2001, com “I’m Waking up to Us”. Também estão no pacote (que deve sair por mais ou menos R$ 550) remixes inéditos, um documentário, uma foto exclusiva, réplicas de fanzines feitos pela banda nos anos 90, um cartão para download do material, um DVD com os vídeos de todos os singles e um livrinho de 20 páginas com imagens inéditas do grupo. As primeiras cem cópias serão autografadas, CORRAM!

29009

Abaixo, vídeos e fotos e o setlist da primeira noite de residência do Belle And Sebastian no Royal Albert Hall, em Londres.

FullSizeRender

A photo posted by Gessica Finaurini (@gess_f) on

A top performance from #belleandsebastian at #royalalberthall last night

A photo posted by @paradiseph0t0 on

A top performance from #belleandsebastian at #royalalberthall last night

A photo posted by @paradiseph0t0 on

Stars of Track and Field #BelleAndSebastian

Um vídeo publicado por Ronnie Joice (@ronniejoice) em

>> Uma coincidência… A cultuada loja de discos Other Music, de Nova York, preferida dos alternativos entre os alternativos desde os anos 90, fecha suas portas neste sábado. Até que ela resistiu bastante, levando-se em consideração que lutou cara a cara com duas gigantes vizinhas (Tower Records e Virgin Megastore) e sobreviveu ao fechamento das duas concorrentes! Na semana passada, a Other Music publicou uma foto homenageando os maiores “campeões de vendas de todos os tempos” da loja, somando vinis e CDs. A loja é tão, mas tão indie, que o Belle & Sebastian aparece no topo. #1! Em segundo, outra dupla “Poploader”, o Air. Destaque também para Yo La Tengo e os Mutantes lado a lado no Top 10! Nosso tipo de lugar, sério. Valeu, Other Music:

IMG_4614

>> Belle & Sebastian foi atração do Popload Festival no ano passado:

  • Martim Nogueira Batista

    O último Single da fase Jeepster é “Waking Up to Us” 😀