Bruce Springsteen se emociona ao tocar para um pouquinho de gente no “Saturday Night Live”

>>

Captura de Tela 2020-12-14 às 6.12.19 PM

* Com uma alegria reluzente de banda nova, o veteraníssimo roqueiro americano (no sentido a-me-ri-ca-no da parada) Bruce Springsteen foi ao grande programa saturnino ao vivo e à noite “Saturday Night Live” tocar duas músicas de seu novo disco, ainda que aqui o novo se refira a “Letter to You”, seu 12º disco, lançado no final do ano passado com boa repercussão de crítica e vendas. Mas não excursionado, porque a Covid-19 não deixou. E o “ao vivo” tenha só o caráter de show, porque o programa é gravado.

Não deixou também, por precaução, dois integrantes da sua excelentíssima banda E Street Band acompanhá-lo ao programa de Nova York, que tinha uma plateia pequena para vé-los, o que arrancou algumas palavras emocionadas de Springsteen, já que foi o único público, ainda que pequeno, que presenciou o músico e sua fiel banda desempenharem canções ao vivo do último álbum. Ele chegou a dizer isso em um desses programas de entrevistas de fim de noite da TV americana durante a semana, e depois da gravação do “Saturday Night Live”

As músicas tocadas no “SNL” foram “Ghosts” e “I’ll See You in My Dreams”, e resgatou ali na telinha o que Bruce Springsteen tem de melhor: sua eterna jovialidade para apresentar suas músicas ao vivo, ainda que o tempo passe e seja implacável. No caso de Springsteen e de suas atuações em show, com sua banda, o tempo é até bem generoso.

A última vez que Sprinsteen tinha se apresentado no “SNL” havia sido no Natal de 2015.

>>