CENA – A Califórnia curitibana do Marrakesh rende a ótima “Trippin'”

1 - cenatopo19

* Só acho, deve ser a primeira vez que um título de música brasileira traz no título uma apóstrofe, ainda que cantada em inglês. Apóstrofe, o Pasquale está por aí para não me deixar mentir, é aquele sinal cobrinha no alto que tem como função indicar a supressão de letras numa palavra.

E quem ouve “Trippin'”, a música nova do Marrakesh, consegue suprimir o frio curitibano e imaginar uma insolarada Califórnia neste delicioso single que vai puxar o EP “Knots”, a ser lançado em parceria da banda com o novo selo Tmwrk Records, que tem tentáculos indies em Los Angeles, Nova York, Londres e, por que não?, Brasil.

marra1

Pense global, aja local. O Marrakesh tem feito as coisas certinhas na sua trajetória. Primeiro ajudaram a tirar a música independente de Curitiba de uma ressaca pós-Bonde do Rolê e Copacabana Club. Se envolveram com duas entidades indies brasileiras, a Honey Bomb gaúcha e a Balaclava paulistana, foram espiar o mundo no Primavera Sound 2017 e agora, com um pé no Paraná e outro em SP, focam numa conexão mais apropriada para seus shows, suas roupas, sua postura psicodélica que roça no pop. É o Marrakesh ressurgindo em nova fase, pós-pandemia.

Tudo isso está resumido em “Trippin'”, que tem uma leve e identificável inspiração em… Post Malone. Algo como psychopop romântico, se é que dá para falar isso. Se tivesse um “momento rap” no meio então, seria perfeita para tocar na Beats 1.

Para completar a trip, “Trippin'” vem com um vídeo com imagens dos anos 80 tiradas do acervo da gravurista paranaense Uiara Bartira. “Knotts”, o EP com cinco faixas o quinteto, é aguardado em novembro.

***

* A foto do Marrakesh que está na home da Popload é de Débora Spanhol. A imagem que ilustra a capa do single, destacada neste post, é de Leonardo Faria.

>>