CENA – Do centro-oeste, Superquadra vai atrás de um norte em novo disco

>>

1 - cenatopo19131218_superquadra2

Uma das boas bandas da CENA de Brasília, o Superquadra lança por agora seu segundo disco, “Norte”. Isso porque eles estão quase atingindo a maioridade de 18 anos de estrada, pensa.

O Superquadra é uma das mil ideias de Cláudio Bull, sujeito que como eu disse aqui uma vez é a história viva da cena musical brasiliense de caráter independente e um dos caras mais versáteis da cidade: trabalha com produção de eventos, jornalismo cultural, historiador de arte e é professor universitário. Nos palcos e estúdios, Bull liderou também a Divine, banda ícone indie da Brasília da virada do século; e hoje, além do Superquadra, também tem o Da Silva. E é DJ.

“Norte”, o disco, é um lançamento da Quadrado Mágico e é composto por 10 faixas que passeiam pelo indie rock, às vezes com uma pitada mais pop e acessível. A inspiração do projeto é a cidade de Brasília e pode ser entendido como a busca intimista por um norte. Entre as inspirações estão referências fracas, tipo David Bowie, Kraftwerk, Radiohead, Caetano Veloso, Massive Attack, Clube da Esquina e T. Rex. Tudo junto e misturado.

O Superquadra conta, além do Bull, com Badá (baixo), Vitinho (bateria), Bruno Sres e Wilton Rossi (guitarras).

O álbum já está nas principais plataformas de streaming, tipo o Spotify, e pode ser conferido abaixo.

>>

  • Leocádia Joana Garibaldi Pinto

    Eu amo o primeiro álbum!