Com Beck e Ringo Starr envolvidos, Jenny Lewis lança seu quatro álbum solo. E ainda avisa que topa reunir o Rilo Kiley

>>

230119_jenny_slider

Uma das cantoras mais talentosas do indie nas últimas décadas, Jenny Lewis lança hoje aquele que promete ser seu melhor disco solo. “On The Line” é o primeiro álbum cheio da cantora em cinco anos, o quarto em mais ou menos 13 anos caminhando sozinha.

Jenny despontou no cenário musical no fim dos anos 90 como vocalista principal do Rilo Kiley. Pelo grupo, que angariou fãs fiéis por um bom tempo, o último registro lançado é uma coletânea, “RKives”, de 2013.

Em entrevista à NME dia desses, Jenny confessou que toparia participar de uma reunião da banda, que se desfez no ano de 2011. “Claro que eu participaria de uma reunião. O fiz com o Postal Service há alguns anos, então estou aberta a qualquer coisa atualmente. Meu mantra é ‘sim'”.

“On The Line”, o novo disco solo, tem 11 canções novas, entre elas os bons singles “Red Bull & Hennessy” e “Wasted Youth”. Nomes notáveis como Beck e o ex-beatle Ringo Starr estão entre os colaboradores do projeto.

>>