Filme sobre Morrissey, não autorizado, tem novo nome que cai bem: “England Is Mine”

>>

“I decree today that life
Is simply taking and not giving
England is mine – it owes me a living
But ask me why, and I’ll spit in your eye”

161115_morrissey

Uma das figuras mais controversas e geniais da história do pop, o inigualável Morrissey, terá parte de sua vida contada nos cinemas. Sem a bênção dele, é claaaaro.

O filme, que está sendo arquitetado pelo produtor Orian Williams desde 2014, vai abordar a juventude do cantor e termina no momento em que ele conhece Johnny Marr e dá início a uma das mais turbulentas e excepcionais parcerias do rock, com a criação dos Smiths.

O longa, inicialmente, iria se chamar “Steven”, em referência ao nome de batismo de Moz (Steven Patrick Morrissey). No entanto, Orian, que também foi responsável pela cinebiografia “Control”, que conta a vida de Ian Curtis, informou em entrevista para a SiriusXM neste final de semana que o filme tem um novo título: “England Is Mine”, termo retirado da música “Still Ill”, dos Smiths.

No bate-papo, Orian conta que o mote da produção é explorar o triunfo de um jovem sobre uma infância alienada de forma a tornar-se na estrela cultuada que é hoje em dia. O ator escolhido para interpretar Morrissey no filme é o escocês Jack Lowden (“War & Peace”). Mark Gill e William Thacker são os responsáveis pelo roteiro.

>>