Franz Ferdinand ensaia vinda em setembro e deve ganhar cidadania brasileira

A segunda parte do título é zoeira, claro.

070514_franz

Quando a Popload, na semana passada, ainda pelos lados do UOL, postou uma performance do grupo escocês Franz Ferdinand tocando “Bullet”, chegaram duas mensagens via Facebook. Uma aberta, outra direta: “Em setembro eles vêm aí de novo”.

A banda estava chegando ao México, para dois shows no país rival do Brasil na Copa. Uma fã argentina, de alguma comunidade hermana do FF, colou no vocalista Alex Kapranos, intimando a passagem na América do Sul da turnê do “incompreendido” álbum “Right Thoughts, Right Words, Right Action”, no que foi prontamente respondida pelo ferdinando líder: “Deve acontecer em setembro”. A info rondou os fóruns de admiradores da banda nos últimos dias.

Nesta manhã, o jornal de trânsito “Destak”, em texto assinado pelo fuçador José Norberto Flesch, saiu na mesma toada. A banda viria para shows “pequenos”.

Se concretizada, deve ser a décima nona visita do Franz Ferdinand ao Brasil, rivalizando de vez com o Jimmy Cliff e, em outra escala, com o Paul McCartney, que está acertando shows ainda para este ano na Arena do Palmeiras, mesmo lugar dos Stones, que agora deve vir no começo de 2015, nesta dança de datas.

Aqui no Brasil o Franz já tocou no Recife, em boate gay em São Paulo, na Fundição Progresso no Rio, já foi histórico no Circo Voador, já causou tumulto onde o Dom Pedro declarou a independência, foi em festa-bafo no apartamento de uma amiga nos Jardins etc.

Vamos dar o carimbo permanente logo, para esses escoceses simpáticos.