Hurts ecoa grito contra a paranoia e o isolamento no novo single “Voices”

>>

180520_hurts2

Refinado duo inglês de música eletrônica surgido na prolífica Manchester por volta de 2010, o Hurts deu seu primeiro suspiro sonoro em três anos, desde que lançaram o disco “Desire”.

E a primeira investida musical de Theo Hutchcraft e seu parceiro Adam Anderson é o single “Voices”, que abre o trabalho para o não-anunciado-ainda quinto disco de estúdio dos ingleses.

A canção remete à sonoridade das antigas da dupla e é uma espécie de reflexo dos tempos atuais, embora Theo a tenha escrito para falar de sua próprias paranoias, isolamento e desespero sofridos nos últimos anos, não necessariamente dentro da atual quarentena coletiva.

“É um momento estranho para lançá-la, mas ao mesmo tempo é bom porque há uma mensagem esperançosa na música. É sobre ter o poder de mudar e lidar com essas coisas ruins. Espero que as pessoas possam se identificar com isso”, disse o Theo, em entrevista recente para a NME.

Ainda não há detalhes complementares sobre o lançamento do novo álbum, que será o quinto do duo de Manchester.

>>