I wanna be adored. Stone Roses histórico ontem no Madison Square Garden

>>

* Banda inglesa que devia ser do tamanho do que o Oasis foi se não tivesse se metido em treta séria com gravadora e entre eles mesmos depois do marcante primeiro disco, láááá em 1989/1990, o Stone Roses finalmente “conquistou a América” ontem, ao menos por umas duas horas. O grupo de Ian Brown, de Manchester, que tem ensaiado alguas voltas nos últimos anos, mas desta vez pelo menos tem música nova para mostrar, se apresentou na noite desta quinta para cerca de 20 mil pessoas no Madison Square Garden lotadão, em Manhattan.

ian

Foi o primeiro show do Stones Roses em Nova York em 20 anos (eles tocaram no Coachella, na Califórnia, em 2013). E relatos dão conta de que a banda está em plena forma, apesar dos cabelos branquinhos de Ian Brown, John Squire, Mani e Reni. Aliás, dizem que o baterista Reni foi o grande destaque de todos os destaques de ontem.

stone

Com David Beckham e alguns brasileiros na plateia, conforme o “denunciado” pela minha timeline, a banda britânica começou simbolicamente e cheia de recados com o hino “I Wanna Be Adored”, para terminar com “I Am the Resurrection”, do mesmo jeito de como é no seu inesquecível disco de estreia “The Stone Roses”. No meio de tudo, “All for One” e “Beautiful Thing”, as novas.

Confira alguns vídeos do show dos Roses em NYC.

** As fotos usadas neste post são da PSquareMedia e saíram no site Brooklyn Vegan

>>