Lana Del Rey, a gostosinha do Nordeste. Sangrando na capa da revista. E vazando mais uma lindaça do disco

>>

* Vige. Não vai dar para evitar. Aguente que 2012 só vão falar por aí dessa tal de Lana Del Rey. Por aí.

* A garota mais falada do planeta depois da lésbica do BBB 12, Lana vai lançar seu primeiro disco agora em janeiro, se prepare: “Born to Die”, o single, sai dia 23. “Born to Die”, o álbum, chega dia 30 (na Europa. Dia 31 nos EUA).

* Para você ver onde Lana está chegando, o jornal popular “aQui”, edição de Pernambuco, R$ 0,25, botou ela na capa. Sem nome, só a foto dela de shortinho, mostrando o umbigo. Com uma legenda-manchetinha ao lado: “Não conheço o som, mas já vou comprar o teu CD, gostosinha…”. Coisa de gênio
(Valeu, Salem)

* Um caso agora “mais sério”, Lana é capa da revista britânica “Q”, edição de fevereiro indo já às bancas. Ela aparece lindaça, com uma coroa e o rosto sangrando. E a manchetaça: “LANA DEL REY – So What’s So Bloody Good”, que promete explicar por que todo mundo está fissurado nela. E, claro, fazendo a sacada visual do “bloody” do título com o sangue da foto.

* VAZOU OUTRA – A música que encerrará o primeiro disco de Lana Del Rey, “National Anthem”, vazou geral hoje na internet. Outra canção linda de morrer, quase um rap e com letra incrível, para variar, a música se junta a “Born to Die”, “Blue Jeans”, “Video Games” e pode ser ouvida em sua suposta versão final aqui embaixo.

Pensa nesta letra, em trecho:

“It’s a love story for the new age,
For the six page
Want a quick sick rampage?
Winin’ and dinin’,
Drinkin’ and drivin’,
Excessive buyin’,
Overdose and dyin’
I’m in drugs and in love
In my dreams and a rage,
Blurrin’ the lines between real and the fake
God can only, I need somebody to hold me
We will do very well,
I can tell, I can tell”

>>