Mad e cool: festival em Madrid promove primeiro show do Tame Impala em 2018 e tem tretinha entre Massive Attack e Franz Ferdinand

>>

Foto: Inma Flores

Palco do Massive Attack. Vazio, claro. Foto: Inma Flores

Um dos eventos que tem crescido cada vez mais no circuito dos festivais de verão na Europa, o Mad Cool de Madrid, considerado o melhor line-up de festival de verão do ano (claro, tem o Popload Festival, que não se enquadra nesta categoria. Hehe) reservou alguns momentos significantes no fim de semana que passou. Vamos por partes.

Na quinta-feira, o Mad Cool foi palco do primeiro show do Tame Impala em 2018. A banda de Kevin Parker fez um dos melhores shows do festival, diz a imprensa espanhola. O palcão com telões incríveis ajudou na pegada lisérgica, tipo nessa “Let It Happen”. Junto, tem um vídeo com um compacto de 40 minutos feito por um fã na grade.

* No entanto, o maior bafafá do evento aconteceu na sexta, quando o Massive Attack se recusou a fazer seu show por causa do barulho que o Franz Ferdinand estava fazendo em outro palco. Eles justificaram para a organização que “o som do palco do Franz Ferdinand poderia incomodá-los durante o show”.

A produção do Mad Cool, em comunicado, informou que tentou resolver o problema de todas as formas, inclusive atrasando outros shows antes do Massive Attack para que a banda subisse ao palco em um horário que o show do FF tivesse terminado. Mas, “por decisão unilateral da banda”, não rolou.

No Twitter, Alex Kapranos chegou a responder com um emoji o comunicado emitido pelo Mad Cool, que foi posteriormente apagado.

>>

  • LeO_zEK

    Ver 40 minutos de Tame Impala assim chega a ser sacrilégio, man! :(

    by Leocádia Joana