Masterrr: Metallica arrebentando na salinha do Howard Stern, como se estivessem num estádio lotado

>>

Captura de Tela 2016-09-27 às 8.01.48 AM

* Banda almighty do heavy metal, thrash metal há tantos anos quase quanto o heavy metal existe, o grupo americano Metallica vai puxar o line up do Lollapalooza brasileiro, a ser anunciado amanhã.

O grupo da Califórnia, de 35 anos de idade, continua incrivelmente com gás juvenil. Neste final de semana foi atração principal do Global Citizen, festival conscientizador beneficente que rolou no Central Park, em Nova York. E ontem lançou o novo single, “Moth into Flame”, o segundo do novo álbum, o décimo, a chegar às lojas em novembro, chamado “Hardwired… to Self-Destruct”.

Mas gênio mesmo são os vídeos que apareceram agora de uma performance especial da banda em session para o canal do maluco apresentador americano Howard Stern, dentro da rede de rádios de satélite Sirius XM.

O Metallica tocou, num estudiozinho apertado para uma banda deste tamanho, dois clássicos de sua trajetória, o que se confunde com dois clássicos da história do heavy metal: “Master of Puppets” e “Sad But True”.

Tipo épico. O Beavis e o Butt-Head iriam chorar se estivessem vivos.

Quando eles acabam “Sad But True”, o Howard Stern entra dizendo, mais ou menos assim: “Vocês parecem um exército tocando. Eu não sei se vocês ainda se divertem se apresentando assim, mas realmente a sensação é que se divertem muito”. O guitarrista James Hetfield diz, meio extasiado: “Eu ainda me pego a esta altura pensando como pode a gente ainda fazer coisas assim [session num estúdio pequeno]. Eu fico olhando este estúdio… É inacreditável. We’re superblast!!!””

“This is so cool. Fuck! This is so cool”, emenda o Lars Ulrich, baterista.

“Só tem a gente aqui neste estúdio pequeno e vocês tocam como se estivessem num estádio”, disse, para finalizar, alguém que estava no show do Howard Stern.

Foda!

De lambuja, seguem o vídeo novo, de “Moth into Flame” e a banda tocando “For Whom the Bell Tolls”, ao vivo no Central Park, no sábado passado.

>>