No Natal, Eddie Vedder lança EP com seis músicas sobre o tempo. O que passou e o que está por vir

>>

vedder

* Eddie Vedder guardou para esta ceia de Natal um presente para seus fãs, para os fãs do Pearl Jam, os fãs do grunge, de Seattle, rock americano, de games e filmes famosos, enfim. Foi o Papai Noel da hora.

Vedder lançou nesta meia-noite o EP de seis músicas “Matter of Time”, delicadezas sonoras que indicam que faltam algum tempo para algo acontecer na mesma medida que acontecem porque o tempo passou. O desenho da capa é de uma ampulheta numa nuvem carregada. As músicas “Matter of Time” e “Say Hi”, mostradas em evento online beneficente em novembro, mas aqui em gravações de estúdio, puxam o EP.

Vedder mostrou as duas músicas novas em uma causa própria bancada por ele e sua mulher Jill, chamada “Venture into Cures”, que buscou chamar a atenção para ajudar crianças com a doença Epidermólise Bolhosa, uma doença de pele genética e hereditária, ainda sem cura. Nisso a “questão de tempo” do EP é mais um grito de esperança.

Junto a essas duas canções vem uma série de quatro outras acústicas gravadas em casa, incluindo uma cover de “Growin’ Up”, de Bruce Springsteen, e “Future Days”, na versão voz e violão, música esta que fechou o álbum “Lightning Bolt”, do Pearl Jam, de 2012, e também aparece no gigantesco game “The Last of Us Part II”, em cena de despedida tocante entre os personagens Ellie e Joel. Entendedores entenderão.

“Porch” é “Porch”, você sabe, do “Ten”, dos anos 90, e “Just Breathe” é de 2009, outra de disco de sua banda famosa (“Backspacer”), mais conhecida por ser um desenvolvimento de uma canção que Vedder fez para a trilha do filme “Into the Wild”, de 2007, que ganhou até covers de Willie Nelson e Miley Cyrus.

“Matter of Time”, o EP, ficou assim:

1. Matter of Time
2. Say Hi
3. Just Breathe (acoustic at home)
4. Future Days (acoustic at home)
5. Growin’ Up (acoustic at home)
6. Porch (acoustic at home)

>>