Novo disco dos Strokes já faz parte do nosso isolamento social. Ouça duas inéditas para embalar sua quarentena

>>

300716_thestrokes2

Estará nas lojas amanhã, só as virtuais e de forma oficial, “The New Abnormal”, o aguardado novo disco dos Strokes, o primeiro em 7 anos. Mas como a internet está aí para ser nossa parceira, especialmente em época de isolamento social, o arquivo já roda por aí, com o contatinho mais próximo.

Em uma primeira audição, bate aquela velha história: uma parte do álbum é adorável de cara, a outra leva um pouco mais de tempo para digerir. Para ajudar, a Popload bota no final do post duas inéditas, “Eternal Summer” e “Not The Same Anymore”.

Na gringa, o portal inglês “New Musical Express” já soltou sua crítica, e na avaliação o disco ganhou nota 4/5, com o generoso comentário de que a banda norte-americana ainda é a melhor fazedora de riffs que temos na música.

“The New Abnormal” tem produção do aclamando Rick Rubin e é o sucessor de “Comedown Machine”, que saiu em 2013.

“ETERNAL SUMMER”


“NOT THE SAME ANYMORE”


>>

  • https://www.facebook.com/app_scoped_user_id/1539435258/ Duda Rocha

    MEU DEUS ESTAS MÚSICAS SÃO MARAVILHOSAS, o surto que eu tive

  • Cesar Anselmo

    Difícil defender, hein…

  • Leocádia Joana Garibaldi Pinto

    “Eternal Summer” é Tame Impala total!
    Gostei das músicas!

  • Marisa Garibaldi Pinto

    Nossa Senhora, mas que disco ruim dos Strokes com músicas depressivas, fúnibres, chatas e arrastadas heim?! Já é ruim a quarentena e ouvindo esse disco então, é uma tortura, amizade! Até as músicas do The Voidz dos dois discos e o último álbum Comedown Machine deles mesmos estão melhores do que essas atuais! Fim de carreira heim?! Adoro os Strokes, mas eles me decepcionaram e me deixaram triste com esse novo disco ruim, infelismente Lúcio!

  • Marisa Garibaldi Pinto

    Bom, curto muito os Strokes, desde o começo, mas é um disco difícil com algumas músicas depressivas, chatas e arrastadas, totalmente diferentes dos discos anteriores, mas das 9 músicas eu gostei de 6 e essas duas gostei só de Eternal Summer!

  • Fábio Lopes Maturano Barbosa

    Difícil?

  • Fábio Lopes Maturano Barbosa

    Recalque é foda, galera. Esse é o álbum mais coeso de toda a trajetória da banda. Tá tudo muito bem encaixado e se percebe sentimento ali. São todas ótimas canções, sinceramente não vejo muita coisa a acrescentar. Em muitas coisas eu digo até que ele é melhor que o is this it.