O Black Keys é pop. O Johnny Depp é indie

>>

Rolou ontem, nos Estados Unidos, mais uma cerimônia do ainda importante MTV Movie Awards. Em uma das homenagens, o ator Johnny Depp recebeu um prêmio especial por sua “contribuição ao cinema”, o tipo de premiação que Paul McCartney ou o Neil Young recebem nos eventos de música.

Com 25 anos de carreira e mais de 40 personagens no currículo, Depp – fã confesso de rock – resolveu não ficar apenas no discurso protocolar de agradecimento. Ele, que já participou de gravações de um álbum do Oasis e tocou ao vivo com Marilyn Manson, resolveu ser o terceiro membro do Black Keys.

Ao lado do duo de Ohio, maior nome do indie na atualidade, Depp tocou guitarra na ótima “Gold on the Ceiling”, single mais recente do ótimo “El Camino” (que ganhou vídeo bizarro-gênio na semana passada) e “Lonely Boy”, faixa de abertura do álbum.

Até que o Depp leva jeito para a coisa, veja só.