O coração gótico pulsa! Depois de sofrer ataque cardíaco, Peter Murphy vai se reunir com o seminal Bauhaus pela primeira vez em 13 anos

>>

100919_bauhaus2

Se há mais ou menos um mês a gente estava quase caindo para trás com a notícia de que Peter Murphy havia sofrido um ataque cardíaco durante estadia em Nova York para uma série de shows solo, agora a boa nova é mais incrível do que nunca.

Dia 3 de novembro, o famoso Hollywood Palladium, de Los Angeles, receberá o primeiro show da formação clássica do Bauhaus, em Los Angeles, desde 2006.

Ao lado dos companheiros Daniel Ash, Kevin Haskins e David J, Murphy sempre viveu sob um clima de idas e vindas. O grupo, surgido nos anos 70 e um dos principais pilares da música gótica e do pós-punk, se separou pela primeira vez em 1985 e voltou, veja bem, 13 anos depois para uma turnê.

Logo em seguida, mais um hiato de sete anos e uma reunião para novos shows entre 2005 e 2006, que culminaram na gravação de um disco, “Go Away White”.

A inesperada volta da banda, mesmo que seja para um show único, chega no calor da apreensão e do susto que Peter Murphy passou mês passado, quando sofreu um infarto miocárdico e teve dois stents introduzidos em sua artéria coronária direita.

Na ocasião, o músico de 62 estava no meio de uma série de shows no Le Poison Rouge, em Nova York. “Após esse episódio recente em Nova York com um ataque cardíaco e minha internação no Hospital Lenox Hill, que me fez passar pela terapia intensiva, fico muito feliz em dizer que estou completamente recuperado”, disse em comunicado.

O último show do Bauhaus aconteceu em 17 de agosto de 2006, no festival português Paredes de Coura.

>>