O fim do U2? Bono deu um tchau sinistro, ontem, no último show em Berlim

>>

Foto: David Wolff - Patrick/Redferns

Foto: David Wolff – Patrick/Redferns

Uma mistura de celebração e agonia tomou conta dos fãs do U2 nas últimas horas. Na noite de ontem, a banda irlandesa encerrou sua turnê mundial em uma apresentação adiada na cidade de Berlim, onde Bono perdeu completamente a voz alguns meses atrás. O que deixou os fãs com a pulga atrás da orelha, no entanto, foram algumas das derradeiras palavras do vocalista, no palco, no fim do show.

“Estamos na estrada há algum tempo, lá se vão 40 anos, e os últimos quatro foram algo especial para nós. Agora, estamos indo embora…”.

A frase chocou muitos fãs que estão discutindo mundo afora, em fóruns, se esta pode ser de fato a última turnê da banda, que prima pelas superproduções e exige muito de Bono, como o próprio disse em entrevista recente ao The Times. “Essa turnê particularmente me exigiu muito. Eu não posso fazer o tanto que eu fazia antes”. Perguntado se tem outra turnê em mente para os próximos anos, o líder do U2 foi evasivo. “Não sei. Não gosto de colocar nada como garantido. “É OK reconhecer o trabalho que você fez e respeitar, mas, se isso for o melhor que podemos fazer, não seremos uma preocupação constante”.

Apesar da declaração de Bono, alguns fãs acreditam que a banda fará apenas uma pausa para descanso e que em 2020 pode rolar uma turnê especial pelos 40 anos do disco “Boy”.

>>

  • Leocádia Joana Garibaldi Pinto

    será?