O indie precisa da energia do Friendly Fires, que está de volta aos palcos após seis anos, e com disco prometido para setembro

>>

Fotos: Scottish Sun

Fotos: Scottish Sun

Grupo que chacoalhou as pistas indies pelo mundo, o Friendly Fires ENFIM está de volta. A banda britânica não lança um disco desde 2011 e prepara o fim deste hiato para 1º de setembro, quando lançará seu terceiro álbum, homônimo.

A volta do Friendly Fires aparece em um momento essencial, já que o indie dance que explodiu há pouco mais de uma década anda perdendo um pouco de força. Formado em 2006, o FF se revelou para o mundo com seu disco de estreia em 2008 e foi nome importante na consolidação de um movimento que incluía outras bandas em ascensão, casos do Klaxons, Metronomy e até o nosso Cansei de Ser Sexy. Chegou até a colocar escola de samba em seus shows, dada a paixão deles pelo ritmo da percussão.

Em outro ponto, grupos como o próprio The Killers e o Franz Ferdinand pavimentavam um caminho de consolidação, isso somado a nomes geniais como LCD Soundsystem e The Rapture assolando as pistas mundo afora.

A Popload viu recentemente o show deles num festival da Inglaterra e dá para dizer que o show continua delicioso. O distinto Ed Macfarlane continua rebolando como nunca e ligado no 220. O último disco do Friendly Fires, “Pala”, saiu lá em 2011. A última vez que eles haviam feito turnê foi em 2012. Retomaram há poucos meses as apresentações. Neste fim de semana, eles tocam em Portugal e Espanha, nos importantes festivais NOS Alive (Lisboa), BBK (Bilbao) e Mad Cool (Madrid).

Dia desses, eles passaram pelo TRNSMT, em Glasgow, e por lá o novo single “Love Like Waves” foi bem recebido pela galera. O som tem tocado direto nas rádios europeias.

Pode confessar, você também estava com saudades do Friendly Fires.

>>

  • LeO_zEK

    SIM! Senti falta do serelepe! rhá